Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santo Inácio Clemente Delgado

Bispo e mártir (†1838)

CHURCH

Public Domain



Foi Vigário Apostólico para o atual Vietnam; sua beatificação ocorreu junto com o grupo de mártires dessa região, sob o pontificado do Papa Leão XIII no dia 7 de maio de 1900. Clemente nasceu no dia 23 de novembro de 1761 na região de Saragoça, Espanha. Ainda muito jovem, entrou no convento dominicano de Calatayud. Sua profissão religiosa ocorreu em 1781 e após seus estudos e a ordenação, partiu para as Filipinas, pois havia decidido consagrar toda sua vida à missão. Chegou ao seu destino no dia 19 de outubro de 1790 juntamente com outros coirmãos. Após quatro anos de evangelização, durante o Pontificado do Papa Pio VI, foi nomeado bispo e coadjutor de Mons. Feliciano Alonso, o Vigário Apostólico. Após cinco anos, 1799, Inácio iria substituir a Mons. Feliciano nesse encargo. Durante quase cinquenta anos de um apostolado muito ativo, Santo Inácio Clemente viu o número de cristãos na região se duplicar e participou a edificação de numerosos colégios, igrejas e mosteiro. Infelizmente, por ódio aos missionários europeus, o rei Minh-Manh, ordenou que todos os cristãos fossem perseguidos e mortos: para escapar da pena, seria necessário apostatar, o que nesse caso era feito mediante o pisar sobre uma cruz. Em 1838 a perseguição chegou onde estava Santo Inácio Delgado: por meio de uma denúncia, soldados foram enviados para capturar e matar o santo. Os cristãos tentaram esconder e, em seguida, fazer fugir às escondidas, o bispo ancião, mas no último momento os guardas desconfiaram de algo: iniciou-se uma perseguição e aqueles que tentavam levar o bispo, pois era muito velho e já não conseguia correr, o deixaram em meio a um campo, enquanto tentavam salvar as próprias vidas. Os soldados, então, o capturaram colocando-o em correntes e começaram a desferir golpes com o punho de um facão contra o bispo. Na tentativa de salvar a população local, o velho bispo disse que não morava ali, mas que era recém-chegado naquelas regiões. Diante da figura idosa do bispo e de sua estranha calma, o mandarim teve piedade, e, conforme o costume local, que considerava mais digno um suicídio do que uma condenação pública, entregou uma faca ao velho bispo para que ele pudesse se suicidar. Diante da negativa de Santo Inácio, que alegava que era um grave pecado o suicídio, o mandarim contrariado, o enviou novamente para os soldados, para que ele fosse enviado a julgamento. No dia 30 de maio foi colocado dentro de uma gaiola, onde permaneceu até o dia de sua morte. Nesse pequeno espaço não era possível ficar de pé. Essa gaiola ficava todos os dias exposta ao lado da porta de entrada da cidade: o Santo bispo ficava exposto aos tórridos raios solares, passando fome e sede. Era injuriado e zombado pelos transeuntes. Durante seu julgamento foi condenado à decapitação por ser cristão. Mas ao final de 43 dias encerrado dentro de uma gaiola, a saúde de Santo Inácio Delgado havia sido minada: um ataque de vômito e diarreia arrancaram as últimas forças de que ainda dispunha; morreu pela manhã em julho de 1838. Apesar de estar já morto, as autoridades ordenaram que seu cadáver tivesse a cabeça cortada e jogada no rio. Apesar dessa atitude, um pescador cristão encontrou a cabeça que, mais tarde, foi enterrada junto com seu corpo. São João Paulo II o canonizou no dia 19 de junho de 1988.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais