Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 29 Novembro |
Bem-aventurados Dionísio da Natividade e Redento da Cruz
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

Santa Gertrudes

Virgem (†1302)

SWORD

Frank Middendorf | Shutterstock

Bem-aventurado Josafat Kocylovsky
Bispo e mártir (†1947) Comemoração: 17 de novembro
No dia 3 de março de 1876 nascia um menino na Polônia. Seus pais deram-lhe o nome de Iosif. Recebeu uma educação católica por parte de seus pais. Após os estudos da infância e da primeira juventude, ingressou na faculdade de direito na Universidade de Leópoli em 1896. Dois anos depois, interrompeu os estudos para prestar o serviço militar. Em 1901 entra no colégio Ruteno de Roma para empreender os estudos eclesiásticos. Seis anos depois, após terminar os estudos, é ordenado presbítero no dia 9 de outubro de 1907. Desempenha a tarefa de professor de teologia e vice-reitor do seminário de Stanislov. Em 1911, padre Iosif entra na ordem de São Basílio e se torna monge. Ao fazer seus votos, recebe o nome religioso de Josafat. Continua como professor na escola monástica e, posteriormente como reitor do seminário de Kromeretz, que possuía 75 seminaristas. Em 1916 vai para a Ucrânia Ocidental e, no ano seguinte, é ordenado Bispo. Seu ministério começa ao final da I Guerra mundial. Dedica-se ao trabalho missionário e ao impulso da vida religiosa. Preocupa-se igualmente com a formação de seu clero. Funda na Ucrânia a ordem salesiana e redige a regra para a comunidade das Irmãs de São José. A tempestade da I Guerra mal havia passado quando no horizonte, começam a aparecer as nuvens carregadas da II Grande Guerra. De fato, em 1939, uma parte de sua diocese é ocupada pelos soviéticos. Em seguida, vem a ocupação alemã, que durará cerca de três anos. Por fim, novamente o Exército vermelho toma o território para si. É nesse contexto que o bispo Josafat é preso, no dia 17 de janeiro de 1946. No primeiro interrogatório lhe é proposto de renunciar à comunhão com o Papa de Roma e se unir à Igreja Ortodoxa russa. Josafat rejeita essa ideia. É liberto, mas pouco tempo depois seria preso e deportado. Antes consegue escrever uma carta demonstrando sua fidelidade ao Papa Pio XII: “No caso de eu ser preso e deportado, suplico humildemente que transmitam ao Santo Padre que me ajoelho diante dele em sinal de minha fidelidade e de minha plena dedicação até o último bater de meu coração, na expectativa filial de sua paterna bênção”. No dia 25 de junho de 1946 foi preso e levado para a União Soviética. Colocado no cárcere em Kiev, se mantém firme em sua promessa de fidelidade ao Papa. Por esse motivo é enviado para o lager nas proximidades de Kiev. Sua idade avançada e sua saúde debilitada sofreram o último golpe: morreu no dia 17 de novembro de 1947. Seu corpo foi resgatado pela freiras ortodoxas do mosteiro da Proteção da Mãe de Deus e sepultado. Suas relíquias se encontram na igreja da Anunciação da Santíssima Mãe de Deus, em Leópoli. Foi beatificado por São João Paulo II no dia 27 de junho de 2001.

Descubra outros santos clicando aqui
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
POPE URBI ET ORBI
Reportagem local
Bênção Urbi et Orbi do Papa Francisco nesta s...
Folheto divulgado por Antônio Carlos da Silva
Reportagem local
Eu nasci mais ou menos em 1988: os 27 anos da...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
FATIMA
Philip Kosloski
Nossa Senhora de Fátima tem um conselho para ...
Medalha Milagrosa verdadeira ou falsa
Reportagem local
Cuidado: saiba distinguir entre a real Medalh...
Ver mais