Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 25 Maio |
São Dionísio 
Aleteia logo
Oração do dia
Festividade do diaHistórias de Santos

São Paulo Miki e companheiros

Mártires (†1597)

PAUL

Public Domain

São Paulo Miki foi preso com colegas católicos no Japão durante o século XVI. Eles foram crucificados perto de Nagasaki.

São Paulo Miki e companheiros

Primeiro japonês a entrar numa ordem religiosa da Igreja católica – a Companhia de Jesus -, Paulo Miki era de uma família importante do Japão do século XVI. Foi batizado ainda criança na fé cristã e, aos vinte e dois anos, entrou como noviço entre os jesuítas. Durante o período de seus estudos, teve muita dificuldade em aprender o latim, língua extremamente diversa da sua; afora isso, é um ótimo aluno. Bom pregador, percorre todo o país anunciando o evangelho. Contam-se aos milhares as conversões de japonese ao cristianismo no Japão. No entanto, situações políticas adversas começam a mudar o panorama. O Xógum Hideyoshi começa a perseguir os cristãos por temor de que eles possam fragmentar ainda mais a unidade nacional japonesa. É nesse contexto que Paulo Miki é aprisionado no ano 1596 em Osaka; junto com ele, um grupo de jesuítas e franciscanos que compartilharão a mesma sorte: morte por crucifixão num pequeno monte nas redondezas de Nagasaki. Segundo as testemunhas da época, antes de morrer faz sua última pregação e, antes do golpe final – os algozes o feriram com lanças – diz as mesmas palavras de Jesus na cruz: “Em tuas mãos, Senhor, entrego o meu espírito”. Seu exemplo de vida e seu testemunho do Cristo foram transcritos e lidos por várias gerações de cristãos. Um desses cristãos, um jovem de quinze anos, ao ler em 1846 na cidade italiana de Verona o testemunho de Paulo Miki, sentiu em seu coração o desejo profundo de entregar sua vida pela missão: era Daniel Comboni, o apóstolo do evangelho na África. Paulo Miki foi canonizado pelo papa Pio XI em 1862.

Descubra outros santos clicando aqui
PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais