Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 06 Maio |
Bem-aventurada Anna Rosa Gattorno
home iconAtualidade
line break icon

O papa Francisco e a III Guerra Mundial

OLIVIER MORIN

Pe. Dwight Longenecker - publicado em 16/09/14

O pontífice faz intensos apelos pelo avanço da paz

Pela segunda vez, o papa Francisco falou recentemente de uma “terceira guerra mundial”. Em seu vôo de volta da Coreia do Sul, ele tinha lamentado o aumento da violência anárquica no mundo, dizendo: "Hoje nós estamos num mundo que está em guerra em todos os lugares. Alguém me disse: ‘Padre, nós estamos na III Guerra Mundial, só que por pedaços’. E ele estava certo".

Neste centenário do início da I Guerra Mundial, o papa Francisco visitou um memorial de guerra no norte da Itália e voltou a falar de uma terceira guerra mundial: "Hoje, depois do segundo fracasso de uma guerra mundial, talvez possamos falar de uma terceira guerra mundial, uma guerra fragmentada, com crimes, massacres, destruição".

E prosseguiu: "A guerra é uma loucura! A guerra é irracional! Seu único plano é trazer destruição: ela tenta crescer destruindo…  A ganância, a intolerância, o desejo de poder. Estes motivos estão na base da decisão de se ir à guerra e são muitas vezes justificados por uma ideologia…".

A Igreja católica diz um sonoro "não!" à guerra. Nosso Senhor Jesus Cristo diz "bem-aventurados os pacificadores".

Então os cristãos devem ser pacifistas? Na Idade Média, os teólogos desenvolveram a teoria da guerra justa, mas muitos acreditam que as diretrizes contextualizadas na cultura e na tecnologia medieval são impossíveis de ser aplicadas na sociedade global e altamente tecnológica de hoje. Quando um drone capaz de disparar mísseis nas montanhas do Afeganistão é controlado por um homem sentado em frente a um computador no Estado do Arizona sob as ordens de outro homem que está em Washington, qual é o sentido de se discutirem as limitações da guerra com uma teoria medieval? Quando a guerra é fragmentada em focos isolados de violência que podem se inflamar em qualquer lugar do mundo, quais são as teorias aplicáveis sobre exércitos e guerra maciça?

Ainda no voo de volta da Coreia, Francisco admitiu que a força das armas pode ser um recurso lícito para se parar o injusto agressor, mas, mesmo assim, ele se pronunciou contra as bombas, porque elas matam civis inocentes, e ressaltou que o objetivo é impedir a injustiça, e não aniquilar o agressor. O papa enfatizou também que esse esforço deve ser realizado mediante uma coalizão internacional.

Em seu novo livro “Jesus Christ Peace Maker” ["Jesus Cristo Pacificador"], Terrence Rynne argumenta que os católicos estão se afastando da teoria da guerra justa e se tornando uma força pró-ativa no sentido de gerar e manter a paz. Se a teoria católica da guerra justa pode parecer muito antiga para os conflitos atuais, a ironia é que a Igreja católica, com o seu alcance global, é a única entidade capaz de manter contatos locais e de contar com a necessária confiança para interagir com os inimigos e trabalhar na construção da paz.

Agentes humanitários vêm descobrindo há muito tempo que a Igreja católica tem “tropas” posicionadas pelo mundo inteiro. A Igreja tem uma infraestrutura global que penetra até os níveis mais básicos. Existem relações de confiança entre os católicos e as comunidades do seu entorno, graças às obras de caridade baseadas na fé e realizadas pela Igreja. Essas mesmas estruturas podem ser usadas não só para ministrar ajuda aos feridos e desabrigados pela guerra, mas também para promover ativamente a paz e a reconciliação.

Com este espírito, o papa enviou o cardeal Fernando Filoni ao Iraque para oferecer apoio espiritual e financeiro às minorias cristã e yazidi. O papa também se reuniu com o arcebispo católico caldeu de Mossul, Amel Shimoun Nona, hoje exilado. O arcebispo Nona amplificou a sua mensagem quando advertiu aos países desenvolvidos do Ocidente que os muçulmanos não compartilham dos mesmos valores de igualdade entre todos os seres humanos, de liberdade religiosa e de tolerância. Ele avisou aos liberais ocidentais: "Se você não entenderem isso rápido, vão acabar sendo vítimas do inimigo que estão recebendo dentro da sua própria casa".

  • 1
  • 2
Tags:
GuerraPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Francisco Vêneto
Milagre do sangue de São Januário volta a ocorrer em Nápoles
2
Mãe de Toda a Ásia, no Monte Maria, é a maior estátua de Maria do mundo
Reportagem local
Maior estátua de Maria do mundo é inaugurada e marca sinal de esp...
3
Creche
Reportagem local
URGENTE – Jovem com facão invade creche e mata crianças e p...
4
Pe. Charles Pope
O demônio diante da Eucaristia
5
Papa Francisco reza o terço
Reportagem local
Maratona de 30 dias de oração, convocada pelo Papa, começa neste ...
6
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
7
Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova
Reportagem local
Fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib é diagnosticado com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia