Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Julho |
home iconEstilo de vida
line break icon

12 necessidades que podem causar grandes vazios na alma

Sábias Palavras - publicado em 07/03/16

Fique atento: elas podem levar a produzir ansiedade e estresse se não forem controladas adequadamente

Todos os dias sentimos necessidades que nos produzem ansiedade, desconforto e que nos fazem se sentir como crianças. Sentimos vazios na alma quando deixamos de ser importantes, quando não nos dão a razão, ou quando nos sentimos vítimas do que acontece em nossa vida.

Vamos analisar cada uma dessas necessidades, que segundo o psicólogo e escritor Bernabé Tierno, são a causa dos vazios em nossa alma, epodem nos levar a produzir ansiedade e estresse se não forem controladas adequadamente.

As necessidades que causam vazios

A necessidade de ser importante a qualquer preço

A necessidade de ser importante é o resultado da falta de autoestima. Nasce um desejo irreprimível de ser importante para compensar os vazios que sentimos na alma, quando na verdade o que acontece é que nós não nos amamos o suficiente.

Quem sente essa necessidade tentará ser apreciado por todo mundo e não hesitará em mentir para alcançar isso. Uma pessoa que precisa ser importante enfeitará sua vida para que todos a adorem, e para conseguir seu minuto de glória. No entanto, um desejo moderado de ser levado em conta é normal e saudável, o problema ocorre quando esse desejo se torna incontrolável.

A necessidade de sempre ter a razão

É o desejo de que todos sempre concordem com o que dizemos ou pensamos. As pessoas que sofrem desta necessidade discutem fervorosamente quando alguém não lhes dá razão, porque se eles não têm a razão ou não a damos, eles se sentem nus e desprotegidos.

A necessidade de amar e ser amado

Não há dúvidas da necessidade do amor como a força da vida, como um sentimento espontâneo e puro que surge sem que percebamos. O componente emocional do amor faz com que este possa surgir ou desaparecer mesmo sem estarmos conscientes disso.

Não faz sentido que alguém proíba o amor ou exija ser amado, porque o amor não é controlado, ele apenas surge. Uma pessoa que sente uma necessidade exagerada de amar e ser amada é, geralmente, uma pessoa que não ama a si mesma.

A necessidade de descarregar a raiva

A raiva e a indignação em determinadas situações são humanas. Todos nós já nos chateamos alguma vez em nossa vida, ou sentimos uma indignação por alguma injustiça. Mas a raiva não se justifica quando a usamos para encobrir os nossos erros ou delitos. Neste caso, a indignação ou raiva já não tem um propósito nobre, mas apenas servem para alimentar nosso ego.

A necessidade de se preocupar por tudo

Há pessoas muito negativas, que veem somente o mal, parecem apenas enxergar as desgraças e nunca são capazes de dizer alguma coisa positiva. São pessoas que espalham a preocupação e ainda argumentam que nunca nos preocupamos o suficiente. Não é possível argumentar com uma pessoa que pensa assim, pois é o mesmo que estar falando com uma parede, e você ainda pode acabar se contagiando com sua negatividade.

A necessidade de culpar os outros

As crianças, quando cometem um erro, às vezes tentam culpar outra criança, mas tal comportamento deve ser evitado, elogiando-se a coragem e honestidade de quem diz a verdade, apesar das consequências. É importante aprender que, embora o comportamento tinha sido ruim, é nobre reconhecer o erro e se arrepender.

A necessidade de se sentir superior aos outros

O amor por nós mesmos é saudável e normal, ele deve amadurecer com a idade, e será acompanhado pela empatia e pela preocupação com os outros. Mas quando esse amor é desmedido, nos tornamos seres egoístas e orgulhosos que só procuram a própria satisfação.

A necessidade de se sentir vítima e buscar compaixão

As verdadeiras vítimas se sentem indignadas com um agressor de fato, com nomes e sobrenomes, e nunca querem estar no centro das atenções, pelo contrário, sentem vergonha e medo pela situação. Mas há pessoas que nunca sofreram quaisquer maus tratos e desempenham o papel de vítimas, a fim de se tornar o centro das atenções.

A necessidade de que os outros assumam a responsabilidade

Existem pessoas ativas, que trabalham, assumem a responsabilidade e atingem metas; e existem pessoas passivas que não sabem ou não contestam, não estão aí para ninguém, e não querem assumir qualquer responsabilidade. Isto é devido ao medo que essas pessoas passivas têm de se mostrarem tal como são, porque na realidade se sentem inferiores.

A necessidade de encontrar defeitos

As pessoas que buscam incansavelmente os defeitos dos outros, que não cessam em procurá-los e jogá-los na cara, paradoxalmente, não suportam uma única crítica. O hipercrítico é incapaz de assumir as suas falhas e por isso se dedica a criticar os outros, ao invés de criticar a si mesmo.

A necessidade de ter coisas

A necessidade de se ter muitas coisas, de comprar coisas que não precisamos, é produzida por nosso desejo de cobrir nossa alma vazia com todos estes bens materiais. Paradoxalmente, quanto maior for a necessidade de se acumular coisas, maior é o nosso vazio. Neste caso, é necessário sermos conscientes dos nossos erros, e devemos buscar as riquezas em nosso intelecto, em nosso espírito e em nossos sentimentos.

“Os espíritos desenfreados inutilmente aspiram alcançar a mais elevada perfeição”.
-Johann Wofgang Goethe-

A necessidade de que tudo seja perfeito e maravilhoso

Esta necessidade é, talvez, a mais perigosa de todas, porque gera diretamente ansiedade, estresse, baixa autoestima… Um perfeccionista busca incansavelmente o sucesso e nada parece ser suficiente. A insatisfação produz estresse e exaustão. Para evitar esse comportamento é essencial sermos conscientes do que somos, e avaliarmos os nossos defeitos e as nossas virtudes.

(via Sábias Palavras)

Tags:
Valores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia