Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Papa pede atenção ao uso distorcido das biotecnologias

Swiss Gurda – Pope Francis

© Antoine Mekary/ALETEIA

Vatican News - publicado em 10/04/17 - atualizado em 10/04/17

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta segunda-feira (10/04), na Sala dos Papas, no Vaticano, trinta membros da Comissão Nacional de Biossegurança, Biotecnologia e Ciências da Vida.

O Pontífice agradeceu a comissão italiana pelo trabalho desempenhado na Presidência do Conselho de Ministros nos vinte e cinco anos de sua criação. “Os temas e questões que essa comissão aborda são importantes para o homem atual, seja como indivíduo seja na dimensão relacional e social, começando da família até as comunidades local, nacional e internacional, e o cuidado da criação”, disse Francisco.

“Javé Deus tomou o homem e o colocou no jardim de Éden, para que o cultivasse e guardasse”, diz o Livro do Gênesis (2, 15). O Papa citou o livro bíblico para ressaltar que a cultura à qual os membros da comissão “são representantes críveis no campo das ciências e tecnologias da vida, traz consigo a ideia de cultivação”.

“Ela expressa bem a tensão para fazer crescer, florir e frutificar, através do engenho humano, o que Deus colocou no mundo. Não podemos nos esquecer que o texto bíblico nos convida também a custodiar o jardim do mundo”, destacou.

“Conforme escrevi na Encíclica ‘Laudato si’, enquanto cultivar significa arar ou trabalhar um terreno, custodiar significa proteger, cuidar, preservar, conservar e vigiar. Isso requer uma relação de reciprocidade responsável entre ser humano e natureza. A tarefa dessa comissão não é somente a de promover o desenvolvimento harmonioso e integral da pesquisa científica e tecnológica relativa aos processos biológicos da vida vegetal, animal e humana; ela tem também a tarefa de prever e prevenir as consequências negativas que o uso distorcido dos conhecimentos e capacidades de manipulação da vida pode provocar.”

“O princípio de responsabilidade é um pilar imprescindível da ação humana que deve responder os próprios atos e omissões perante a si, aos outros e a Deus. Corre-se o risco de que os cidadãos, seus representantes e governantes não sintam plenamente a seriedade dos desafios que se apresentam, a complexidade dos problemas a serem resolvidos, e o perigo de usar mal a potência que as ciências e as tecnologias da vida colocam em nossas mãos.”

“Quando a interação entre poder tecnológico e poder econômico se torna mais estreita, os interesses podem condicionar os estilos de vida e as tendências sociais na direção do lucro de certos grupos industriais e comerciais, em detrimento das populações e nações mais pobres. Não é fácil alcançar uma composição harmoniosa das diferentes instâncias científicas, produtivas, éticas, sociais, econômicas e políticas, promovendo o desenvolvimento sustentável que respeite a ‘casa comum’. Esta composição harmoniosa requer humildade, coragem e abertura ao confronto entre as diferentes posições, na certeza de que o testemunho dado pelos homens de ciência em prol da verdade e do bem comum, contribui para o amadurecimento da consciência social.”

O Papa finalizou o seu discurso, recordando que “as ciências e as tecnologias são feitas para o homem e não o homem e o mundo para as ciências e as tecnologias. Elas estão a serviço de uma vida digna e saudável para todos, no presente e no futuro, e tornam a nossa casa comum mais habitável e solidária, mais cuidada e protegida”.

(Rádio Vaticano)

Tags:
PapaPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia