Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconAtualidade
line break icon

Caso Charlie: Corte britânica pede "provas convincentes" sobre eficácia de terapias

Family handout-Facebook

Vatican News - publicado em 11/07/17

Pais terão dois dias para apresentar as provas sobre os tratamentos e tentar convencer o juiz a autorizar a transferência do bebê

Realizou-se na tarde de segunda-feira (10/07) em Londres, a nova audiência na Alta Corte britânica sobre o caso envolvendo o pequeno Charlie, de apenas dez meses e vítima de uma doença rara.

O juiz Nicholas Francis decidiu adiar novamente a decisão sobre desligar ou não o aparelho que mantém a criança respirando.

“Provas mais convincentes”

De fato, os pais de Charlie tem até quinta-feira para apresentar ao juiz “provas mais convincentes” sobre a eficácia das novas terapias, o que poderia fazê-lo mudar de ideia e autorizar a transferência ao exterior. Mas “não será nenhum tweet a influenciar-me”, advertiu.

Na audiência a mãe perguntou ao juiz: “Se fosse seu filho e se houvesse uma possibilidade de sucesso de 10%, o senhor o faria?”. E o magistrado respondeu que sim.

O advogado do hospital onde Charlie está internado, no entanto, alegou que as provas apresentadas pela família da criança relativas à terapia, referem-se à patologias unicamente musculares e não aos danos no cérebro que a criança teria e que as supostas evidências de novas pesquisas provém somente de laboratórios e não de testes em pacientes.

O advogado da família tentou em vão pedir que o caso fosse designado a outro juiz.

Mobilização manteve Charlie vivo

“Estivemos muito perto de perdê-lo em duas ocasiões – disse a mãe de Charlie – e eu espero por outro milagre e que tenha esta possibilidade de viver. Vivemos na máxima incerteza, mas permanecemos fortes. Esperamos seguir em frente”.

Connie Yates acrescentou que o apoio do Papa e do Presidente estadunidense Donald Trump – somado a enorme mobilização popular que o caso suscitou  – “até agora, salvaram a vida dele”.

“Enquanto ele não desistir – afirmam os pais  de Charlie – também nós não desistiremos”

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia