Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 29 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Sacrário é profanado em capela de Mato Grosso do Sul

SacrarioRoubadoDourados_-_FotoMariaLucia

Maria Lúcia Barbosa de Souza

ACI Digital - Reportagem local - publicado em 10/01/18

O que está acontecendo? Por que tantos casos de ataques ao Santíssimo Sacramento da Eucaristia?

Representantes da capela São Vicente Palotti, em Dourados, no Estado brasileiro de Mato Grosso do Sul, resumiram assim o que viveram nesta segunda-feira, 8 de janeiro:

“Um sofrimento imenso”.

Eles se referem ao roubo do sacrário, que continha hóstias consagradas.

Quem notou o sumiço do sacrário foi a encarregada de manter limpa a capela, pertencente à paróquia de Nossa Senhora de Fátima. A funcionária correu à casa da tesoureira da comunidade, Maria Lúcia Barbosa de Souza, e comunicou que a capela tinha sido roubada.

Maria Lúcia relata, em entrevista à agência católica ACI Digital:

“Fui correndo para a igreja e segui direto para o Santíssimo, quando vi que tinham roubado o sacrário. Logo comecei a chorar e depois liguei para a coordenadora da capela e informei no grupo de WhatsApp que temos. Dois minutos depois, ela já estava na igreja e mais umas 15 pessoas, todos muito tristes”.

Ao constatar o roubo, Maria Lúcia conta que se sentiu como Maria Madalena diante do sepulcro vazio e pensou: “Levaram meu Jesus”.

As pessoas ainda estavam dentro da capela quando foram informadas de que o sacrário tinha sido achado em um carrinho de coleta de lixo reciclável.

“A senhora que pega lixo reciclável achou o sacrário e pensou que o padre tivesse jogado fora. Ela ficou desesperada quando soube que tinha sido roubado e logo devolveu para ser levado para a igreja”.

O sacrário tinha sido arrombado. As duas âmbulas que estavam no interior foram levadas, mas, “graças a Deus, as hóstias ficaram”, comenta a tesoureira.

“Agora é como se estivéssemos de luto. As pessoas sofreram bastante e ainda estão sofrendo. Não só a comunidade, mas toda a paróquia ficou sentida diante do ocorrido”.

O vigário, pe. Wellington Carvalho de Macedo, organizou uma Missa em Desagravo na Capela de São Vicente Palotti.

“Faremos a Missa porque profanaram o Corpo de Cristo. O Padre pediu para convidarmos todo o povo de Deus, principalmente os ministros extraordinários da Eucaristia. O sacrário já foi levado para consertar e colocar o forro por dentro. Aos poucos vamos voltando ao normal e sabemos que temos Jesus sempre conosco”.

_____________

A partir de matéria da agência ACI Digital

Tags:
EucaristiaOração
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia