Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Histórias Inspiradoras

Quiseram matar este bebê porque ele foi concebido em um estupro

Bebê resgatado Iraque

Ajuda à Igreja que Sofre - México

ACI Digital - Reportagem local - publicado em 26/01/18

Testemunha afirma que a salvação da criança “só foi possível graças à presença da Igreja” e à sua cultura de vida

Um bebê recém-nascido correu o risco de ser assassinado depois que um conselho de anciãos soube que ele tinha sido concebido após um estupro perpetrado por terroristas do Estado Islâmico. A jovem mãe do bebê, porém, se negou a obedecer ao conselho de anciãos e preferiu entregar o filhinho em adoção.

O testemunho da jovem foi divulgado pela Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) em sua sucursal do México.

A jovem, cuja identidade não foi revelada, tinha sido sequestrada e estuprada pelos jihadistas. A mesma violência foi sofrida por inúmeras mulheres cristãs e de outras minorias religiosas. Muitas delas foram transformadas em escravas sexuais durante os cerca de três anos em que o EI ocupou o norte do Iraque.

A Fundação AIS divulgou que a adolescente ficou grávida e, diante da notícia, anciãos de sua tribo tomaram a decisão de matar o bebê assim que ele nascesse. Esta minoria considerou que não podia deixar vir ao mundo um bebê concebido pelo Daesh, nome pelo qual é conhecido o grupo Estado Islâmico no Oriente Médio. Para eles, o Daesh é praticamente um demônio.

A jovem, porém, não quis que matassem o seu filho. Após dar à luz, optou por entregá-lo a religiosas, que o acolheram num orfanato até que uma família cristã o adotou, cerca de um mês depois.

Uma testemunha anônima, que chegou a segurar o bebê no colo, declarou à Fundação AIS que a salvação desta criança “só foi possível graças à presença da Igreja” e acrescentou que este caso é “um exemplo do quanto a nossa presença e cultura de vida são tão importantes aqui”.

_______

A partir de matéria da agência ACI Digital

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
BebêsEstado IslâmicoMundoVida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia