Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 25 Outubro |
Santo Antônio de Sant’Anna Galvão 
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Rio de Janeiro: bandidos fazem arrastão em igreja católica

CHURCH, RIO DE JANEIRO

Reprodução / Facebook

Reportagem local - publicado em 09/03/18 - atualizado em 09/03/18

Violência no Rio não perdoa nem quem tenta rezar em paz

Era uma preparação espiritual para a Páscoa. Cerca de 40 paroquianos e padres estavam na Igreja Cristo Operário e Santo Cura D’Ars, na Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio, participando de um mutirão de Confissão. Foi quando, segundo a polícia, três homens armados e encapuzados invadiram o local e anunciaram o assalto. Os criminosos obrigaram todos os fiéis e religiosos a permanecerem quietos no local e roubaram seus pertences, como dinheiro, relógios, celulares e até alianças de casamento.

Foram minutos de verdadeiro pânico dentro da igreja. Um padre, que não quis se identificar, contou que “ao sair, um dos criminosos fez ameaças dizendo que quem olhasse para trás levaria um tiro.”

“Colocaram todo mundo dentro da capela do Santíssimo e depois saíram. Todo mundo ficou em pânico” — diz uma fiel que também tem medo de se identificar.

No Facebook, os paroquianos postaram várias mensagens de indignação. Uma mulher desabafou: “o indivíduo assaltou até o padre que veio de outra paróquia para ajudar na Confissão. O infeliz do bandido não teve respeito com a Casa de Deus”.

Operação do Exército

O arrastão na Paróquia Cristo Operário e e Santo Cura D’Ars aconteceu à noite, algumas horas depois que o Exército deixou o local depois do segundo dia seguido de operação na comunidade, que é conhecida por ser uma região de intenso tráfico de drogas.

O trabalho das forças federais e da Polícia Civil na região contou com cerca de 1.400 homens, carros blindados e helicópteros. O objetivo foi destruir as barreiras construídas pelos traficantes para impedir o acesso à comunidade e garantir a segurança no local.

Depois do arrastão na igreja, o Exército reforçou a ação nas ruas da Vila Kennedy.

Tags:
ConfissãoMundoViolência
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
3
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
4
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
5
São João Paulo II
Reportagem local
A última frase de São João Paulo II antes de partir desta vida
6
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
7
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia