Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 16 Setembro |
Santos Cornélio e Cipriano
home iconAtualidade
line break icon

Um padre ameaçado de morte

JÚLIO LANCELLOTTI

Reprodução / Facebook

Reportagem local - publicado em 22/03/18 - atualizado em 22/03/18

Ministério Público vai investigar ataques ao Pe. Júlio Lancellotti

“Morte ao padreco”, “tem que começar mandando esse padre pro inferno e depois os seus seguidores”. Essas são apenas algumas entre as muitas ameaças de morte e comentários hostis que o Pe. Júlio Lancellotti, de 69 anos, tem recebido em suas redes sociais.

O padre Júlio é pároco da Igreja de São Miguel Arcanjo, no bairro da Mooca, em São Paulo, e Bispo Referencial do Vicariato Episcopal para a Pastoral do Povo da Rua da Arquidiocese de São Paulo. Há 34 anos, Lancellotti desenvolve trabalhos assistenciais junto aos moradores de rua na capital paulista e ficou conhecido por sua luta em defesa dos Direitos Humanos.

O religioso acredita que os ataques são motivados por sua atuação junto à população marginalizada e por uma onda de intolerância manifestada, principalmente, através das redes sociais. “Devido à situação da população de rua na cidade que cresce muito e está muito exposta, em vários bairros há um mal estar, uma hostilidade muito grande contra a população de rua”, explicou o padre ao portal G1.

Ministério Público

O Ministério Público informou que já instaurou investigação para apurar a denúncia de ameaça de morte, agressão física, calúnia e difamação protocolada por advogados voluntários e pelo Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer.

A denúncia em relação ao Pe. Júlio Lancellotti será conduzida pela área de crimes cibernéticos do MP.

Perguntado se tem medo de morrer, o religioso afirmou que não e, em entrevista a uma rádio da capital paulista, disse: “Eu fico triste de ver o que eles fazem com os moradores de rua. Eles estão usando os moradores para me atingir… Eu imagino que eles [os agressores] não vão vir até mim. No final das contas, quem sofre é quem está na rua”.

Tags:
intoleranciaPecado

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: e ela explic...
2
FAMILY
Theresa Civantos Barber
Faça estas 2 perguntas aos seus filhos todos os dias
3
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
4
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
5
Papa Francisco pede homilias mais curtas
Francisco Vêneto
Papa Francisco pede aos padres: façam homilias mais curtas
6
porta
Reportagem local
Capelão de hospital: ação dos anjos é fundamental na hora da mort...
7
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da noite
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia