Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Por favor, ajude-nos a manter este importante serviço. APOIE AGORA
Aleteia

Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O terço é poderoso!”

David Arias
Compartilhar

"Quando alguém reza o terço, o mal fica irritado!”, afirma o homem que tinha passado quatro longos e obscuros anos em uma seita satânica

David Arias nasceu na Cidade do México, mas, aos 16 anos, se mudou para a Califórnia, onde colegas de escola o apresentaram ao famigerado jogo ocultista da ouija – e o convidaram a usá-lo em um cemitério para contatar demônios.

Embora tivesse crescido numa família “culturalmente católica”, David relata que tinha muitas discussões com os pais e familiares. Ele descreve a si mesmo como um “perturbador”. De bases frágeis na fé, não foi difícil que os novos amigos californianos o convencessem a participar de festas secretas que incluíam todo tipo de promiscuidade sexual e consumo ilimitado de álcool e drogas. Também não tardou para que eles o convidassem a fazer parte de um grupo fechado que denominavam “a igreja de Satanás”.

Naquele grupo havia gente de todas as idades, etnias e classes sociais, desde aqueles que só andam vestidos de preto e que pintam de preto os olhos e lábios até outros que, segundo David, “pareciam autoridades“: médicos, advogados, engenheiros… Com 16 anos de idade, David era um dos mais jovens. O grupo tomava cuidados para evitar a polícia e ameaçava matar qualquer membro que divulgasse as práticas internas.

Foram longos quatro anos participando da seita. Mas aquilo que o próprio David define como “um vazio interior” o fez renunciar àquele estilo macabro de vida e a voltar-se para Deus e para a sua fé católica original. Depois que reempreendeu o caminho de volta, David se casou, teve filhos e passou a participar ativamente da vida paroquial, compartilhando com todos a obscura história do seu passado, em especialmente na comunidade hispânica da Califórnia.

Hoje David insiste para que os pais acompanhem muito conscientemente os seus filhos, já que as crianças “têm acesso muito fácil a muitas coisas bastante prejudiciais”.

Além disso, ele recomenda participar sempre da Santa Missa, confessar-se com regularidade e rezar o rosário. Aliás, ele enfatiza:

“O rosário é poderoso. Quando alguém reza o terço, o mal fica muito irritado!”.

___

CONFIRA AINDA:

O que aconteceu quando o autor de “O Exorcista” se arriscou a mexer com a ouija

Milhões de leitores em todo o mundo – incluindo milhares do Oriente Médio – contam com a Aleteia para se informar, buscar inspiração e conteúdos cristãos. Por favor, considere a possibilidade de ajudar a Edição em Árabe com um pequeno donativo.