Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 28 Janeiro |
São Tomás de Aquino
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Błaszczykowski, o capitão da Polônia: “eu não tenho vergonha de Jesus”

JAKUB BŁASZCZYKOWSKI

EAST NEWS

Unione Cristiani Cattolici Razionali - publicado em 21/06/18

Como a fé mudou a vida do jogador, que assistiu ao assassinato da própria mãe

Jakub Błaszczykowski, um nome quase impronunciável e pouco conhecido em muitas partes do mundo, mas que se tornou muito famoso na Alemanha e é tido como herói em sua pátria.

Um personagem conhecido pelo seu desempenho no futebol e  fora do âmbito esportivo. Nascido em Częstochowa, o local mariano mais importante para os poloneses, com 11 anos de idade Jakub assistiu ao assassinato da mãe dele, que morreu em seus braços. O assassino? O pai do jogador. Assim como o irmão, Jakub foi criado pela avó, Felicja Brzeczeck, uma devota católica, que transmitiu aos garotos a fé e os costumes de ir à Missa, rezar e ler o Evangelho – coisas que o atleta faz até hoje.

Foi graças à fé que ele conseguiu superar a dor do que aconteceu em sua vida. Isso ficou evidente em 2012, quando, pouco antes de começar o campeonato europeu, Jakub se ausentou por razões pessoais. Depois, soube-se que o pai dele – que ele não via desde o dia do homicídio – estava prestes a morrer. O jogador quis se encontrar com ele, para lhe perdoar.

 “O que aconteceu quando eu era criança provocou um giro de 180 graus na minha vida. Nunca compreenderei o que aconteceu ou por que aconteceu. Mas essa lembrança vai me acompanhar para o resto dos meus dias. Daria qualquer coisa para ver a minha mãe viva”, confessou o atleta.

Atualmente, Błaszczykowski está muito envolvido em obras de caridade da Igreja Católica e é uma espécie de embaixador da Cáritas polonesa. Ele organiza festas entre padres e atletas de elite para angariar fundos aos necessitados. Todos os anos, presenteia as organizações católicas com camisetas de times autografadas pelos jogadores. Os uniformes são leiloados.

O capitão da Polônia, que é casado e pai de uma menina, participou de iniciativas de evangelização, como o National Reading Day. Em 2011, marcou presença na campanha “Eu não tenho vergonha de Jesus”, organizada pelos poloneses em resposta a alguns estudantes que pediram que as escolas superiores retirassem os crucifixos pendurados nas paredes dos prédios educacionais.

Em um vídeo, o atleta afirmou:

Entendo que a fé seja uma questão pessoal, mas para mim é algo muito importante. Com a grande fé que eu vivo cotidianamente e com a grande convicção de que Cristo ajuda a nossa vida todos os dias, quero encorajar as pessoas a não se esquecerem daquilo que é mais importante para nós, ou seja, a fé e a oração”.

O atacante polonês, Robert Lewandowski, que atualmente joga no Bayern de Munique e é amigo de Błaszczykowski ,também participou da iniciativa, dizendo:

Sei que Deus está comigo. Quando se fala de fé, sabemos que a vida moderna e o mundo todo estão indo muito velozmente. Frequentemente, esquecemos os nossos valores e o que é verdadeiramente mais importante para nós. No que diz respeito a mim, esta fé me ajuda em campo e fora dele, fazendo com que eu seja um homem bom e que cometa menos erros.”

Artigo traduzido e adaptado ao português por Aleteia. 


MESSI

Leia também:
Conheça 13 craques da Copa que não escondem a fé

Tags:
Esporte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Robson de Oliveira
Reportagem local
Processo contra pe. Robson está arquivado definitivamente, notici...
2
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
3
ROSARY
Reportagem local
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" com os mortos
4
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
5
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
6
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
7
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia