Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconReligião
line break icon

Pe. Zezinho: "Perguntaram-me se Maria teve uma gravidez indesejada"

HOLY,FAMILY,BETHLEHEM

Shutterstock

Reportagem local - publicado em 22/08/18

"O que fariam com o bebê seria algo a se combinar. Mas o bebê nasceria"

Reproduzimos a seguir um texto publicado pelo Pe. Zezinho em seu perfil no Facebook a respeito de uma das artimanhas de certos ativistas abortistas (daqueles mesmos que dizem usar apenas “argumentos laicos e científicos”): alegar que Nossa Senhora também viveu uma “gravidez indesejada” e “foi consultada por Deus antes de aceitá-la” – como se a “consulta” tivesse ocorrido depois da concepção e como se Deus tivesse perguntado a ela se não gostaria de abortar…

A Anunciação a Maria e seu Sim generoso e confiante não tem relação alguma, nem sequer forçando as interpretações para além do limite do surreal, com a ideologia que sustenta que exterminar um bebê já concebido é um “direito reprodutivo da mulher”.

A tentativa de tergiversar até o Evangelho em busca de “bases” para aquilo que não tem base já fala por si própria sobre o nível “argumentativo” de quem apela para esse recurso.

Ainda assim, a propósito desse episódio da vida de Maria, José e Jesus, eis o texto do Pe. Zezinho, um dos sacerdotes mais queridos do Brasil:

*

Perguntaram-me se Maria, a mãe de Jesus, teve uma gravidez indesejada.

Respondo que, pelos costumes da época, ela era uma jovem que sonhava em se casar e ter filhos, como hoje em dia milhões de moças têm o mesmo sonho. É da natureza da mulher.

No caso de Maria, o evangelista diz que Maria ainda não coabitara com José. Não tinham tido um encontro conjugal nem moravam juntos. É o que o evangelista Mateus nos disse. Crê quem consegue. Duvide quem quiser!

Não morando com José e não tendo tido os carinhos próprios de um casal, ficou difícil para Maria e para José aquela gravidez. José não sabia o que fazer porque a amava. Maria não sabia como explicar sua gravidez, porque homem algum aceitava nem aceita esta conversa.

Maria calou-se e José também. Ele a abandonaria e todos iriam contra ele, mas não contra ela. Talvez se casasse por amor a ela e fugisse para assumir toda a culpa. É o que o evangelista dá a entender.

Tem que amar muito para isso! E Maria não poderia mentir. José não teria mentido, já que não tinha que dizer o que sabia. Teria cumprido a lei! Usou da prerrogativa de não denunciar MARIA para ela não ser apedrejada. Até porque ele, ingênuo ou não, ele acreditava na sua noiva. O drama era dos dois.

O resto já sabemos.

FOI UMA GRAVIDEZ NÃO PLANEJADA, MAS ASSUMIDA!

ABORTO? … NEM PENSAR!

NAQUELE TEMPO TAMBÉM HAVIA ABORTOS. MAS NEM JOSÉ NEM MARIA COGITARAM FAZÊ-LO.

O que fariam com o bebê seria algo a se combinar.

Mas o bebê nasceria

.

CONFIARAM UM NO OUTRO E AMBOS EM DEUS.

É o que Mateus disse. Quem não crê como cristão e raciocina como ateu vai ter outra opinião. Mas isto já é problema deles. E se forem pró-aborto acharão justificativas. Se forem contra o ABORTO, terão outras respostas e outras soluções.

Mas quem ama nunca aceitará matar o feto

. Por isso, Maria e José viveram o que viveram. Jesus não foi abortado!

Basta ler Mateus. Duvide se quiser! Creia se puder! Mateus escolheu narrar o fato. Os pró-aborto de hoje escolhem não acreditar. Não se sentem nem tocados nem provocados por esta narrativa.

Afinal, não acreditam que Deus é o autor de qualquer feto.

___________

Do perfil do Pe. Zezinho. Grifos da redação.

Tags:
AbortoMariaVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia