Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A incrível história do padroeiro das grávidas – e uma oração por um parto feliz

São Raimundo Nonato
Creative Commons
Compartilhar

Este santo ganhou o apelido de "Nonato" a partir do latim "Non Natus", "não nascido": sua mãe morreu no parto antes mesmo que ele viesse à luz

São Raimundo Nonato, celebrado em 31 de agosto, é considerado o padroeiro das mulheres grávidas e parturientes, além das parteiras e dos recém-nascidos. Por quê? Por causa das circunstâncias do seu próprio nascimento: filho de nobres da Espanha nascido em torno ao ano 1200, o pequeno Raimundo recebeu o apelido de “Nonato” a partir do latim “Non Natus“, que quer dizer “não nascido”: é que sua mãe morreu no parto antes mesmo que ele viesse à luz. Só em seguida é que o parto foi completado.

Já adulto, Raimundo se tornou religioso e foi enviado como missionário para resgatar cristãos escravizados no mundo muçulmano do norte da África, onde foi torturado brutalmente: além de ser açoitado nas ruas da cidade, ainda lhe perfuraram os lábios com ferro quente e puseram na sua boca um cadeado cuja chave era mantida pelo governador local.

São Raimundo Nonato
CC

Ele viveu esse suplício durante oito meses, até ser resgatado por outros religiosos da sua ordem, enviados por São Pedro Nolasco. De volta à Espanha, foi nomeado cardeal pelo Papa Gregório IX, mas conservou a simplicidade de vida inclusive nas vestes e na sua cela conventual. Em 31 de agosto de 1240, acometido de intensa febre, partiu deste mundo para finalmente receber o Abraço Eterno do Pai.

Oração a São Raimundo Nonato por um parto feliz

Ó santo padroeiro, São Raimundo Nonato, modelo de caridade aos pobres e necessitados:

Eis-me aqui, deitada a vossos pés, para humildemente implorar a vossa ajuda nesta minha necessidade.

Como a vossa maior alegria foi ajudar os pobres e necessitados da terra, ajudai-me, eu vos peço, ó glorioso São Raimundo, nesta minha aflição!

A vós, glorioso protetor, recorro, para que abençoeis a criança que carrego em meu ventre.

Protegei a mim e ao filho das minhas entranhas, agora e na hora do nascimento que se aproxima.

Em gratidão, prometo educar meu filho de acordo com as leis e mandamentos de Deus.

Escutai a minha oração, meu protetor amoroso, São Raimundo, e fazei-me a mãe feliz desta criança, a quem espero dar à luz sob a vossa poderosa intercessão.

Amém.