Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Aleteia

Vai a pé para Aparecida? Então veja as dicas para uma romaria segura

Compartilhar

As longas e tradicionais caminhadas até o Santuário Nacional são jornadas de fé que exigem cuidados redobrados

Eles saem de várias partes do Brasil com um só destino: o Santuário Nacional de Aparecida, que fica no Vale do Paraíba, em São Paulo. A pé, de ônibus, de bicicleta ou de carro, milhares de fiéis lotam as rodovias que dão acesso à Casa da Mãe nesta semana que antecede o 12 de outubro.

Mas toda viagem merece cuidados especiais, especialmente quando ela é feita a pé. Por isso, a concessionária que administra a Via Dutra, a principal porta de entrada para o Santuário, divulgou dicas importantíssimas para os peregrinos que se aventuram nesta jornada de fé. 

A concessionária informou que já está fazendo um operação especial nas proximidades do Santuário. Há mais viaturas na estrada e mais funcionários destacados para os serviços de orientação aos motoristas e peregrinos. 

A principal recomendação da CCR NovaDutra é que, por segurança, os romeiros utilizem a nova Rota da Luz, uma rota alternativa formada por estradas secundárias, com menor movimento de carros. Ao todo, são 201 km que passam por nove municípios até chegar a Aparecida.

Vejas outras dicas importantíssimas para os romeiros:

1) Caminhe no sentido contrário ao do tráfego, em fila indiana, o mais distante possível da pista e do acostamento;

2) Só caminhe durante o dia. Evite caminhar à noite ou na madrugada;

3) Use roupas claras e coloridas. Se possível, use faixas refletivas. Aumente ao máximo a sua visibilidade para os motoristas;

4) Descanse fora da rodovia. Se houver veículo de apoio, estacioná-lo em postos de serviços, nunca no acostamento;

5) Mantenha sua atenção. Rodovia é espaço para veículos, não para pedestres;

6) Se chover, interrompa sua caminhada. Os riscos são maiores com pista molhada.

 

Estatísticas

 

De acordo com a CCR NovaDutra, em 2017 aproximadamente 18.700 pessoas caminharam a pé pela Dutra somente entre os dias 6 e 13 de outubro. Por segurança, a concessionária não recomenda este tipo de manifestação religiosa através da rodovia. Só nos primeiros nove meses de 2018 foram registrados 5 acidentes envolvendo romeiros na pista – um aumento de 25% comparado ao mesmo período do ano de 2017.