Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Há beleza nas rugas?

WRINKLES
Ilaria Brulini - Shutterstock
Compartilhar

Conheça a história de famosas que optaram pela beleza natural, valorizando as rugas e a experiência de vida

As rugas parecem ser um tabu numa cultura em que existe a imagem estereotipada da beleza. No entanto, há mulheres que demonstraram que a beleza feminina vai muito além do botox e do corpo perfeito; tem a ver com o valor da experiência e das rugas. 

Elas são provas da nossa história de vida, de tudo o que já aproveitamos em companhia de outras pessoas, de que já sorrimos, refletimos, sofremos. São sinais visíveis para evidenciar que viver é algo importante e que vale a pena.

 A atriz Jamie Lee Curtis é uma dessas mulheres. Depois de se arrepender de ter feito uma cirurgia plástica, disse que “é necessária a presença de modelos de mulher que aceitem seus corpos. Mulheres que reconheçam, nelas e nas outras, a beleza dos sinais do tempo e mostrem sua pele marcada como reconhecimento da experiência de vida”. 

Ga Fullner - Shutterstock

 A princesa Stéphanie de Mônaco diz que suas rugas também não assustam, pois “são o testemunho de uma vida bem aproveitada”. A atriz mexicana Ludwika Paleta pensa da mesma forma. Para ela, “cada ruga é de felicidade e todas existem porque nós sorrimos”. 

Precisamos entender que nosso corpo também vive as experiências do tempo. Por isso, a atriz uruguaia Natalia Oreiro deixou bem claro: “Que ninguém tire as minhas rugas, pois elas são a minha história, sinais de que fui feliz, sorri, chorei, me emocionei”. 

Outra defensora das rugas é a atriz americana Cameron Diaz. Ela é orgulhosa por poder mostrar as marcas do tempo em seu rosto. Para Diaz, este é o segredo da beleza, ou seja, mostrar uma “imagem real”. “O botox transformou meu rosto em uma coisa tão esquisita que eu não voltei a usá-lo. Prefiro ver meu rosto envelhecer a ver um rosto que não me pertença por completo”, disse ela. 

A “imagem real” a que a atriz se refere é a de uma mulher como qualquer outra, ou seja, linda, que se cuida por dentro e por fora. Uma mulher que não esconde as rugas. Isso é o que Cameron Diaz divulga. Com isso, ela quer que as pessoas mudem seu estilo de vida e “envelheçam melhor”. 

CAMERON DIAZ
Dfree - Shutterstock

Enfim, se você conseguir encontrar-se consigo mesma e reconciliar-se com sua história, você terá uma sensação de liberdade que nenhum bisturi poderá oferecer. Reflita sobre quem você é de verdade e seja feliz com a sua idade!