Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 18 Abril |
São Galdino
home iconEspiritualidade
line break icon

Papa Francisco: “Rivalidade e vanglória provocam guerras”

POPE FRANCIS AUDIENCE

Antoine Mekary | ALETEIA | I.MEDIA

Reportagem local - publicado em 05/11/18

E tudo começa na nossa própria casa, no trabalho, no cotidiano. Mas existe um antídoto: "a gratuidade de Jesus"

Na Santa Missa desta manhã, 5 de novembro, o Papa Francisco destacou que a rivalidade e a vanglória destroem os fundamentos das comunidades, semeiam divisões e provocam conflitos.

A gratuidade de Jesus é universal

Francisco enfatizou que o ensinamento de Jesus é claro: “não fazer as coisas por interesse”. Quando se age visando a própria “vantagem”, pratica-se “uma forma de egoísmo, de segregação e de interesse”. Já a “mensagem de Jesus” é exatamente o contrário: a “gratuidade”, que “alarga a vida”, “amplia o horizonte, porque é universal”.

Prosseguindo na fala sobre a divisão, o Papa afirmou:

“Existem duas coisas que vão contra a unidade: a rivalidade e a vanglória”.

Rivalidade

É “um modo de destruir as pessoas”, disse o Papa, acrescentando:

“É uma luta para destruir o outro. A rivalidade é ruim: pode ser de maneira aberta, direta, ou com luvas brancas; mas sempre para destruir o outro e elevar a si mesmo. E já que eu não posso ser tão virtuoso, tão bom, então eu diminuo o outro para continuar ‘alto'”.

Vanglória

Tão prejudicial quanto a rivalidade é vangloriar-se de ser “superior” aos outros, comentou Francisco:

“Isso destrói uma comunidade, destrói uma família também… Pensem na rivalidade entre os irmãos pela herança do pai, por exemplo: isso acontece todos os dias. Pensem na vanglória, naqueles que se vangloriam de ser melhores que os outros”.

O remédio

Francisco nos recomendou, como antídoto à rivalidade e à vanglória, seguir o exemplo do Filho de Deus, cultivando “a gratuidade”: fazer o bem sem nos preocuparmos se os outros fazem ou não o mesmo.

“Quando lemos as notícias das guerras, vamos pensar nas notícias da fome das crianças no Iêmen, fruto da guerra: é longe, crianças pobres… Mas por que elas não têm o que comer? A mesma guerra se faz em nossas casas, em nossas instituições, com a rivalidade: a guerra começa nisso! E a paz também deve ser feita ali: na família, nas instituições, no local de trabalho, buscando sempre a unanimidade e a concórdia e não o próprio interesse”.
Tags:
Papa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
BENEDICT XVI
Reportagem local
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
7
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia