Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A menininha de 3 anos que leva os pais à missa para cantar “Mãezinha do Céu”

MASS KIDS
TATJANA SPLICHAL | DRUŽINA
Compartilhar

Cada vez mais crianças, adolescentes e jovens estão "resgatando" os próprios pais para a prática da fé católica em suas paróquias

Durante a Santa Missa deste domingo, 11 de novembro, na paróquia São João de Brito, na cidade de São Paulo, o pe. Vicente Gilson dos Santos testemunhou aos fiéis, durante a homilia, que muitas famílias católicas retomaram a participação frequente na vida da Igreja graças à influência dos seus filhos.

Boa parte desses filhos são jovens e adolescentes, mas há até mesmo crianças pequenas fazendo os pais retornarem à prática da fé que receberam no Batismo.

O pároco relatou casos em que os próprios pais admitem sentir às vezes “preguiça” de sair de casa aos domingos para ir à missa, mas as suas crianças fazem questão: assim, os pequenos se tornam “auxiliares de Deus” para chamar os adultos à Mesa da Eucaristia.

O pe. Gilson citou um exemplo concreto que encantou os paroquianos: o caso de uma menininha de 3 anos que ama o canto mariano “Mãezinha do Céu“. Ela o ouviu pela primeira vez na missa e, desde então, pede aos pais que a levem à igreja para cantá-lo a Nossa Senhora junto com os fiéis da paróquia.

Não é de admirar: trata-se de um dos cantos mais ternos, tocantes e singelos do rico repertório litúrgico brasileiro. Aliás, existe uma versão deste canto em áudio e vídeo com desenho animado produzido pela Arte Piedosa. Ele conta com cerca de 11 milhões de visualizações no YouTube. Você pode acessá-lo e seguir a letra completa do canto através deste link: