Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia
Cynthia Dermody / Redação da Aleteia
Quaresma: 5 desafios para casais

Papa faz visita surpresa a mosteiro

POPE FRANCIS,CAR
Shutterstock
Compartilhar

A comunidade contemplativa de Spello é uma das mais antigas a seguir a experiência de Santa Clara

Foi uma grande surpresa para as irmãs Clarissas de Santa Maria em Vallegloria di Spello, ao ver na porta do mosteiro nada mais do que o Papa Francisco.

O Santo Padre quis em certo sentido retribuir hoje, 11 de janeiro de 2019, a visita que as irmãs fizeram ao Papa na Santa Marta em 25 de agosto de 2016.

Naquela ocasião Francisco entregou-lhes a constituição apostólica “Vultum Dei quaerere” representando a clausura de todo o mundo.

E a relação entre a comunidade contemplativa de Spello – uma das mais antigas a seguir a experiência de Santa Clara – e o Papa permaneceu intensa, também através do segundo secretário particular Yoannis Lahzi Gaid, até a decisão do Santo Padre de realizar esta breve visita privada à Úmbria.

Privada, por desejo do Papa de se mover sem clamor. Somente o Bispo de Foligno Dom Gualtiero Sigismondi, tinha conhecimento da visita, que disse: “O Papa tinha me manifestado a ideia várias vezes, então eu percebi que a viagem tinha tomado forma porque, em nosso último encontro, o Santo Padre me fez ver que conhecia precisamente a distância e o tempo de viagem até Spello! Na véspera de Natal, conheci o programa e essa alegria que não podia compartilhar com ninguém marcou todas as celebrações desses dias”.

Nem mesmo a neve deteve a vontade do Santo Padre, com o Subasio coberto um manto branco. E a alegria das irmãs, que acolheram o Papa pouco antes das 9 horas, era incontrolável, antes de celebrar a missa com o segundo secretário e o bispo local.

Depois, o Santo Padre compartilhou um momento de diálogo livre e informal e o almoço, antes de retornar a Roma no início da tarde, deixando na iminência das festas patronais da região uma bênção para toda a Diocese de Foligno.

(Vatican News)