Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Exorcista alerta sobre os perigos de “falar” com os mortos

ROSARY
Shutterstock-Nixx Photography
Compartilhar

O sacerdote lembra que o ser humano, desde o princípio, foi tentado ao engano a respeito da morte

O Padre Pedro Paulo Alexandre é um dos exorcistas mais conhecidos do Brasil. Ele pertence à Diocese de Florianópolis e é membro da Associação Internacional de Exorcistas. Já escreveu vários livros sobre o assunto, entre eles, a obra “Fenômenos Preternaturais: sobre as ações dos anjos e dos demônios”, escrita com base nas Sagradas Escrituras, na Teologia, no Magistério da Igreja e na sua tradição mística, ascética, espiritual e pastoral.

Recentemente, Pe. Pedro Paulo foi convidado para fazer o Prefácio do livro “Os danos do Espiritismo – a ação oculta do Maligno nas supostas comunicações com o Além”, de Francesco Bamonte, que foi lançado em Portugal. No texto, o sacerdote brasileiro aborda a questão do “diálogo” com os mortos e a postura da Igreja Católica:

O autor nos mostra que a Sagrada Tradição, as Sagradas Escrituras e o Magistério da Igreja sempre condenaram o espiritismo. Em todas as épocas, a Igreja defendeu o princípio de que é preciso condenar o erro, mas amar aquele que erra, esclarecendo-o e ajudando-o na busca da fé verdadeira. É preciso entender que o espiritismo é uma forma equivocada de buscar a verdade.

O Pe. Pedro Paulo Alexandre ainda explica como o espiritismo conquista adeptos:

Em momentos de dor e sofrimento, principalmente por ocasiões de perdas de familiares queridos, as pessoas, que em busca de respostas, procuram um momento de refrigério, consolo e paz, são facilmente cooptadas pelo espiritismo. Os resultados deste caminho, longe do que estão acostumados a nos querer fazer crer, nem sempre são finais felizes. As vítimas estão rompendo o silêncio e gritando para que todos acordem.

Ao final, o exorcista brasileiro faz um esclarecimento e um convite:

O ser humano, desde o princípio, foi tentado ao engano a respeito da morte (cf. Gn 3,4-5). Hoje com novos meios e novas técnicas o inimigo que estava tentando passar despercebido, esta sendo cada dia mais desmascarado. Vejo neste livro um convite a olharmos para o além, e descobrir o tesouro da fé católica, revelada pelo próprio Deus.

Não existe uma doutrina que traga tanto conforto, paz, alegria e esperança como o cristianismo. Por mais que nos maravilhemos a cada página das Escrituras com o que o Senhor nos mostra sobre a eternidade, cremos que o que viveremos é muito mais do que podemos imaginar: ‘o que Deus preparou para os que o amam é algo que os olhos jamais viram, nem os ouvidos ouviram, nem coração algum jamais pressentiu'(1Cor 2,9; cf. Is 64,4).

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.