Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Oração a Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Maria Desatadora dos Nós
CC
Compartilhar

"Em Vossas mãos não há nó que não possa ser desfeito"

A seguinte prece é dirigida a Maria sob a advocação “Desatadora dos Nós”:
Virgem Maria, Mãe do Amor Formoso,
Mãe que jamais deixais de vir socorrer os Vossos filhos aflitos;
Mãe cujas Mãos não param nunca de servir aos seus amados filhos,
pois são movidas pelo Amor Divino e pela imensa Misericórdia
que existem em Vosso Coração!
Voltai o vosso olhar compassivo sobre mim
e vede o emaranhado de nós que há na minha vida!
Vós bem conheceis o meu desespero, a minha dor
e o quanto estou amarrado por causa destes nós.
Maria, Mãe que Deus encarregou de desatar os nós da vida dos seus filhos,
confio hoje a fita da minha vida às Vossas mãos.
Ninguém, nem mesmo o maligno, poderá tirá-la do Vosso precioso amparo!
Em Vossas mãos não há nó que não possa ser desfeito.
Mãe poderosa, por Vossa graça e Vosso poder intercessor
junto a Vosso Filho e Meu Libertador, Jesus,
recebei hoje em Vossas mãos este nó:
[apresentar aqui a Nossa Senhora a dificuldade que se deseja vencer].
Peço-Vos que o desateis para a Glória de Deus e por todo o sempre.
Vós sois a minha esperança!
Ó Senhora minha,
sois a minha única consolação dada por Deus,
a fortaleza das minhas débeis forças,
a riqueza das minhas misérias,
a liberdade, com Cristo, das minhas cadeias.
Ouvi a minha súplica!
Guardai-me, guiai-me, protegei-me,
ó meu seguro refúgio e caminho para Deus!
Mãe, Desatadora dos Nós, rogai por mim.

______________

Pe. Henrique Maçarico