Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Estilo de vida

Como o patchwork tradicional pode melhorar sua vida

PATCHWORK

Dolors Massot-ALETEIA

Dolors Massot - Matthew Green - publicado em 25/04/19

É muito mais do que economia e cobertores quentes

A maioria de nós está familiarizada com o patchwork (trabalho com retalhos), seja graças a uma colcha feita à mão pela avó, ou uma jaqueta elegante que compramos em uma loja. Embora as colchas sejam talvez a aplicação mais comum de patchwork, essa técnica de costurar várias peças de tecido para formar um design maior também é usada para fazer toalhas de mesa, capas de almofadas, tapeçarias e roupas, entre outras coisas. O design geral pode incluir desde padrões geométricos abstratos em grades retangulares ou hexagonais (por exemplo) a paisagens ou desenhos irregulares.

O patchwork tem sido frequentemente usado como uma forma econômica de usar retalhos de tecido, mas também assumiu o significado como uma forma de expressão artística, criando obras que muitas vezes acabam sendo passadas como uma herança familiar. É uma técnica praticada em todo o mundo, que remonta a milhares de anos.

Embora a industrialização da produção de têxteis tenha prejudicado a tradição das colchas de retalhos de costura manual e itens semelhantes, a arte teve um ressurgimento nas últimas décadas. Especialmente em países desenvolvidos, raramente é uma questão de necessidade ou economia, aproveitando roupas velhas para criar algo novo; é uma arte e um hobby que conecta seus praticantes à longa tradição de nossos ancestrais e uma técnica que pode deslumbrar multidões com seus resultados surpreendentes.

Praticar a arte do patchwork tem vários benefícios para os praticantes, além de resultar em um item colorido, exclusivo e muitas vezes útil:

Ele combina momentos de paz e solidão com oportunidades de conversação e socialização

Você pode costurar sua colcha sozinho, passar horas em concentração silenciosa ou ouvindo música, um livro de áudio ou um podcast. Isso pode ajudá-lo a se desconectar de suas preocupações, refletir com calma e encontrar soluções para problemas que o mantêm acordado à noite. Trabalhar com retalhos pode ajudá-lo a se distanciar das situações para que você possa ser mais pacífico e objetivo.

Ao mesmo tempo, no entanto, o patchwork tem um forte componente social: você pode conversar com outras pessoas (especialmente colegas aficionados) sobre como o seu trabalho está indo, você pode se juntar a uma turma ou um clube para aprender a técnica, ou você pode se reunir informalmente com amigos em sua casa para passar uma tarde costurando.

Você pode falar sobre qualquer coisa que quiser enquanto trabalha, e os laços de amizade que você envolve em retalhos podem ser muito fortes.

É terapêutico

Costurar patchwork pode ajudá-lo a superar a depressão, estresse e ansiedade. Ele também pode ajudar a sua autoestima, porque ajuda você a ver que você é capaz de criar algo bonito e único.

Um hobby como o patchwork é altamente recomendável para pessoas que estão se recuperando de uma doença como o câncer. Com artes e ofícios desse tipo, você pode definir seus próprios objetivos e prazos, se quiser, mas isso é com você. Você pode trabalhar devagar quando a sua saúde e cansaço não lhe permitem fazer mais. Você não precisa ir a lugar nenhum para fazê-lo; você pode fazer isso em casa ou em uma cama de hospital. Quando você se recupera e se torna capaz de ir ao ar livre ou para a casa de outra pessoa, pode levar seu patchwork e continuar trabalhando lá.

É uma forma de expressão artística

Talvez você não ouse tentar pintar ou desenhar, mas através do patchwork você ainda pode descobrir seu lado artístico. Você pode criar seus próprios padrões e escolher as formas, cores e texturas que deseja usar. No final, uma colcha pode ser tão bonita quanto uma pintura em um museu.

É uma contribuição para sua família

Costurar uma colcha significa juntar, pouco a pouco, algo que no final será um tesouro para toda a família. Os itens de retalhos tornam-se heranças passadas de geração para geração. Eles se tornam uma presença importante no quarto ou no sofá, formando parte do ambiente que mais amamos. Fazer uma colcha de retalhos não significa apenas fazer um cobertor, mas criar um ambiente e enviar uma mensagem de amor.

É uma forma de “vida lenta”

Se você está interessado na filosofia “vida lenta”, o patchwork é um ótimo passatempo para você. É tanto sobre o processo quanto sobre o resultado. Você pode dedicar o tempo que quiser a sua costura; não é uma corrida. Você saboreia o trabalho, e o objetivo é fazer algo que dure e seja valorizado, e não simplesmente usado e descartado.

Os retalhos os unem a uma tradição milenar de criatividade e praticidade, de contemplação e companheirismo, de compartilhamento e aprendizado. Você pode começar com algo simples, como toalhas pequenas ou um caminho de mesa para a sala de jantar, e pouco a pouco você pode progredir para costurar desenhos mais complicados e maiores. Não importa o tamanho do que você está fazendo, torna-se um presente do tempo: a cada hora e cada minuto que você gasta costurando um artigo de retalhos para sua família ou amigos, você os presenteará com momentos insubstituíveis de sua vida.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
ArteDepressãoEstresseFamíliaTrabalho
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia