Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

25 anos sem Senna: o relato do padre que ministrou a extrema-unção ao piloto

SENNA

Antoine Mekary/ALETEIA | Antoine Mekary/ALETEIA

Reportagem local - publicado em 03/05/19

O sacerdote também revelou o que viu quando entrou na sala em que Senna estava no hospital

Dia 1.º de maio 1994. Tinha tudo para ser mais uma grande corrida de Fórmula 1. O piloto Ayrton Senna estava em seu auge e virou ídolo dos brasileiros. Todos torciam para mais uma vitória sua. Mas um acidente na curva Tamburello, no circuito de Ímola, na Itália, deixou os fãs desolados e o mundo todo apreensivo. Entre eles, o frade capuchinho Amedeo Zuffa.

O frade estava no 12.º andar do hospital para onde o piloto foi levado, em Bolonha. Ao saber do gravíssimo estado de Senna, desceu no andar de baixo, onde ficava o CTI. O frade conheceu Ayrton Senna dois dias antes, quando o piloto brasileiro Rubens Barrichello também tinha se envolvido em um acidente no mesmo circuito e fora internado no mesmo hospital.

“Logo que soube o que havia acontecido, tentei localizar algum parente de Senna, para poder fazer a extrema-unção. Foi quando me apresentaram o irmão de Senna, Leonardo. Ele me pediu para entrar e fazer a extrema-unção, pois Senna era um grande católico”, disse, na época,o religioso à reportagem da Folha de S. Paulo.

Ao repórter Livio Oricchio, o capuchinho também declarou: “Hoje, 1.º de maio, é dia de São José da Boa Morte, protetor dos moribundos, e desejava lhe oferecer a alma de Senna”.

O frade ainda contou o que viu quando entrou na sala em que Senna estava no hospital. Segundo ele, era uma sala cheia de aparelhos. Ayrton estava sozinho, nu e com o rosto bastante desfigurado por causa do forte traumatismo craniano que ele sofreu. A morte do piloto foi anunciada pelo hospital por volta das 19h05 (hora local, 15h05 no horário de Brasília).

Um ano depois do acidente, o padre Amedeo Zuffa voltou à curva Tamburello e rezou uma Missa pela alma de Ayrton Senna.


SENNA

Leia também:
Papa recebe busto e capacete de Ayrton Senna

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Morte
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia