Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconAtualidade
line break icon

"Querem impor ideologia de gênero na escola? Não aos nossos filhos!"

© Public Domain

Reportagem local - publicado em 14/05/19

700 estudantes ficam em casa em protesto contra doutrinação sexual intransigente

A massiva ausência de 700 estudantes chamou as atenções no começo deste mês no distrito californiano de Rocklin: foi uma reação de centenas de famílias à determinação do Conselho Distrital Escolar de implantar um currículo polêmico pautado pela ideologia de gênero.

Desde 2011, na Califórnia, a “Lei de Educação Justa, Exata, Inclusiva e Respeitosa” ordena que as escolas do Estado ajustem seus livros didáticos para incorporar as contribuições sociais de cidadãos norte-americanos identificados como “LGTB”, ou seja, lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

A preocupação manifestada por grupos pró-família está ligada precisamente ao caráter autoritário da lei, criticada como “doutrinação sexual radical” por apresentar “modelos a serem seguidos” mais com base na sua orientação sexual do que nas suas objetivas contribuições em si mesmas.

O que os pais de família contrários à imposição dessa lei desejam é o respeito à sua responsabilidade paterna de avaliar quando os filhos estão prontos ou não para determinadas discussões, em particular as que dizem respeito ao exercício da sexualidade. No caso em questão, os pais californianos que mantiveram seus filhos em casa como protesto contra essa imposição ideológica preferem que a discussão seja proposta só a partir do sexto ano do ensino fundamental local, como já ocorre em escolas de outros distritos.

Funcionários das escolas afetadas pelo protesto dos pais disseram que o currículo seria modificado em atenção às preocupações das famílias, mas o assessor legal do Distrito de Rocklin afirmou, segundo o jornal Sacramento Bee, que não aceitará que os pais escolham se concordam ou não com o assim chamado “currículo LGBT”.

Vários pais, diante deste cenário, declararam estar avaliando o “homeschooling” (educação em casa) como alternativa, ou, pelo menos, a transferência dos filhos para escolas particulares.

Tags:
Ideologia de Gêneropais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Pope Audience Wednesday
Vatican News
A importância de ir à Missa aos domingo, segundo o Papa Francisco
7
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia