Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 02 Dezembro |
São Cromácio de Aquileia
home iconReligião
line break icon

Assassinados padre que ajudava cegos e freira que ensinava jovens pobres

Reprodução / Vatican News

Reportagem local - publicado em 23/05/19

Ela foi decapitada e ele esfaqueado: violência perpetrada contra religiosos católicos continua alarmante em várias regiões do mundo

Duas notícias trágicas vindas da África nesta semana voltam a trazer à tona a violência perpetrada contra religiosos católicos no continente.

Pe. Landry

No domingo, 19, o pe. Landry Ibil Ikwel, 34 anos, foi esfaqueado em sua comunidade na cidade da Beira, região central de Moçambique, e, embora levado rapidamente a um hospital, não resistiu aos ferimentos.

A Congregação dos Sagrados Corações de Jesus e de Maria, da qual o sacerdote era membro, se pronunciou em nota:

“Unimos nossos corações ao de nossos irmãos e irmãs na África, na dor da oração e na confiança de Jesus, que morreu violentamente na cruz, perdoando seus agressores. Pedimos ao Senhor que, onde quer que a morte busque prevalecer, a vida prevaleça finalmente”.

O pe. Landry tinha sido ordenado sacerdote em 7 de fevereiro de 2016, na República Democrática do Congo, e trabalhava como diretor do Instituto para Cegos em Beira. A missão do instituto é formar, reabilitar e integrar socialmente crianças, jovens e adultos cegos. O próprio sacerdote havia declarado que a entidade era um “testemunho eloquente da nossa opção preferencial pelos pobres” e “uma resposta concreta à dinâmica missionária que nos convida hoje a ir às periferias“.

Irmã Inés

Já na segunda-feira, 20, foi encontrado decapitado o corpo da irmã Inés Nieves Sancho, 77 anos, religiosa espanhola das Filhas de Jesus que trabalhava em Nola, na República Centro-Africana, perto da fronteira com Camarões. A freira preparava jovens carentes para trabalhos profissionais de costura e foi martirizada no próprio local de trabalho, por desconhecidos, na noite de domingo para segunda-feira.

Descrita pelo jornal vaticano L’Osservatore Romano como “delicada, gentil e absolutamente pacífica“, a religiosa trabalhava havia décadas em um dos países mais pobres do planeta e não pretendia sair da República Centro-Africana enquanto tivesse forças para continuar trabalhando.

Por enquanto, nenhum grupo reivindicou a autoria do assassinato bárbaro, mas uma das hipóteses é a do comércio de órgãos humanos em um contexto de sacrifícios rituais relativamente comuns na região para obter “boa sorte” e riqueza. Segundo matéria do diário vaticano, chega a acontecer que os próprios pais matem algum filho para conseguir fortuna. O jornal observa ainda que essa prática vem do vizinho Camarões. A hipótese, porém, é por enquanto especulativa: as autoridades locais nem sequer iniciaram as investigações, conforme denúncia do deputado Jean Marc Ndoukou.

As Filhas de Jesus fizeram uma vigília de oração na noite da segunda-feira e realizaram o funeral da irmã Inés na terça, 21. Na Audiência Geral da quarta, 22, o Papa Francisco fez questão de mencionar o assassinato e de rezar por ela uma Ave-Maria junto com os fiéis presentes no Vaticano.


DES HOMMES ET DES DIEUX

Leia também:
Eles foram assassinados por ódio à fé, agora serão beatificados


CHRISTIANS IRAQ

Leia também:
447 missionários católicos foram assassinados entre 2000 e 2017

Tags:
PerseguiçãoReligiosos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
PERU
Pablo Cesio
Peru: o menino de 6 anos que reza a Deus de j...
Aleteia Brasil
Oração do Advento
SANTUÁRIO DE APARECIDA INTERIOR BASÍLICA
Reportagem local
Suposto surto de covid-19 entre padres do San...
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento...
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da mis...
Papa Francisco
Reportagem local
A oração diária de Advento que o Papa Francis...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia