Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Esta é uma das mais antigas representações do Sagrado Coração

SACRED HEART
Compartilhar

Entenda por que a devoção ao Coração de Jesus foi, por muito tempo, ligada às Cinco Chagas de Cristo

Embora a devoção ao Sagrado Coração de Jesus remonte aos primeiros séculos do cristianismo, ela nunca foi tão popular até o século XVII, quando aconteceram  revelações à Santa Margarida Maria Alacoque.

Até então, os cristãos tinham uma devoção mais forte às “Cinco Chagas de Cristo”. Isso foi principalmente devido a um interesse renovado na Paixão de Jesus com o retorno das Cruzadas à Terra Santa. Os cristãos medievais reconheceram as profundezas do amor de Jesus através das várias feridas que ele sofreu.

De acordo com a Enciclopédia Católica, “A mais antiga evidência de uma festa em honra às Chagas de Cristo vem do mosteiro de Fritzlar, Turíngia, onde no século XIV uma festa foi mantida na sexta-feira após a oitava de Corpus Christi. No século XV, ela se espalhou para diferentes países, para Salisbury (Inglaterra), Huesca e Jaca (Espanha), Viena e Tours, e foi incluída nos Breviaries dos Carmelitas, Franciscanos, Dominicanos e outras ordens. ”

Esta festa não era universal, mas alguns séculos mais tarde Jesus revelou a Santa Margarida Maria Alacoque que ele queria uma festa dedicada ao seu Sagrado Coração no mesmo dia que esta festa.

O Sagrado Coração

Na primeira representação dessa devoção, as cinco feridas são claramente visíveis, com um coração simples no centro e o sangue fluindo para um cálice. Isso novamente faz uma conexão óbvia entre a Paixão, o Sagrado Coração e o dom da Eucaristia.

SACRED HEART
Photo: © Bodleian Libraries, University of Oxford

Mais tarde, o Sagrado Coração seria representado nas mãos de Jesus, que oferece seu coração ao mundo. No entanto, é importante lembrar a conexão do Sagrado Coração com as feridas de Cristo em sua Paixão, lembrando-nos que o sofrimento de Jesus foi a expressão mais sublime de seu amor pela humanidade.

SACRED HEART
The Photographer | CC0

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia