Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Satisfação do Santo Padre com o “Barco Hospital Papa Francisco”

BARCO HOSPITAL
franciscanosnaprovidencia.org.br
Compartilhar

O Barco Hospital que leva seu nome foi acolhido neste sábado (17/08) em sua chegada à cidade de Belém

Do mesmo modo como Jesus acalmou a tempestade ao aparecer caminhando sobre as águas, o Barco Hospital Papa Francisco “levará tanto o conforto espiritual, como a calmaria para as agitações dos homens e mulheres carentes, abandonados à própria sorte”.

Com uma mensagem do Papa Francisco, o Barco Hospital que leva seu nome foi acolhido neste sábado (17/08) em sua chegada à cidade de Belém. Uma cerimônia de boas-vindas foi organizada pela Arquidiocese. Neste sábado, o Barco Hospital fica aberto para visitação. No domingo (18/08), após a missa em ação de graças, começa o atendimento de saúde à população carente.

No texto da mensagem, o Papa afirma que se une a este momento de “alegria e ação de graças a Deus” com “grande satisfação”.

Para Francisco, além de ser um belo gesto concreto em vista do Sínodo dos Bispos para a Amazônia, o hospital fluvial é acima de tudo “uma resposta ao mandato do Senhor, que continua a enviar aos seus discípulos a anunciar o Reino de Deus e a curar os doentes”.

De fato, Jesus oferece aos homens uma vida em abundância. E promover esta vida será a missão primordial do Barco Hospital Papa Francisco.

Neste sentido, prossegue o Pontífice, “se a Igreja está chamada a ser um ‘hospital de campo’, acolhendo a todos, com esta inciativa, Ela se apresenta agora também como um ‘hospital sobre as águas’”.

“E do mesmo modo como Jesus, ao aparecer caminhando sobre as águas, acalmou a tempestade e fortaleceu a fé dos discípulos, este barco levará tanto o conforto espiritual como a calmaria para as agitações dos homens e mulheres carentes, abandonados à própria sorte. ”

O Papa finaliza a carta agradecendo a Dom Bernardo Bahlmann, Bispo de Óbidos, e aos Franciscanos da Providência, que foram os idealizadores e executores da iniciativa, pedindo orações pelos bons frutos do próximo Sínodo para a Amazônia.

Consultas, cirurgias de baixa e média complexidade, exames e diagnósticos serão destinados às pessoas com pouco ou nenhum acesso ao atendimento de saúde, sobretudo os povos indígenas e ribeirinhos que vivem ao longo de uma extensão de 1.000 quilômetros do Rio Amazonas. Os casos mais graves serão encaminhados aos hospitais de base de Óbidos, Juruti e Alenquer.

O projeto foi solicitado pelo próprio Pontífice quando visitou o Hospital administrado pela Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus no Rio de Janeiro, por ocasião da Jornada Mundial da Juventude de 2013. Foi então que o Papa perguntou aos frades se eles estavam presentes na Amazônia, encorajando um projeto naquela região. No dia 07 de julho deste ano, o Barco foi finalmente inaugurado.

No dia 5 de novembro de 2018, o Bispo do Óbidos e dois frades apresentaram a maquete ao Papa Francisco, em audiência no Vaticano.

(Vatican News)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.