Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Qual é a idade correta para batizar uma criança?

BABY BAPTISM
ServizioFotograficoOR - CPP - CIRIC
Compartilhar

O Batismo imprime na alma da criança um selo, um sinal, que faz dela uma propriedade de Deus

O padre Cido Pereira tem uma coluna no Jornal O São Paulo, da Arquidiocese de São Paulo,  em que esclarece as dúvidas dos leitores acerca de vários assuntos sobre a Igreja Católica e a tradição.

Em um de seus textos, ele responde a uma leitora que quis saber qual seria a idade ideal para batizar uma criança.

Eis a resposta do padre:

“Não existe idade mínima para se batizar uma criança. A Igreja recomenda o mais depressa possível, contudo isso fica a critério dos pais. É claro que se a criança chegou à idade da razão, chegou aos 7, 8, 9, 10 anos ou mais, é aconselhável que ela passe a frequentar a Catequese para que possa ser batizada e passe por todo um processo de iniciação cristã – Catequese, Batismo, Eucaristia, Crisma etc…

Batizar o quanto antes, melhor: nessa decisão pesa o desejo dos pais de que seus filhos sejam cristãos, pesa o compromisso desses pais de educar na fé aquela criança, pesa, ainda, o desejo de consagrar o filho a Deus, o desejo de que antes de o filho ser deles, ele seja de Deus.

É importante que os pais se lembrem que o Batismo imprime na alma da criança um selo, um sinal, um caráter que faz dela uma propriedade de Deus. Eu acho muito linda aquela explicação que sempre dou aos pais: uma pessoa é criatura de Deus. Ao ser batizada, é adotada como filha de Deus. Pelo Batismo, somos filhos de Deus no Filho Jesus.

É preciso que entendamos também que a prática da Igreja de admitir crianças ao Batismo segue uma tradição que remonta aos tempos da Igreja primitiva, em que famílias inteiras eram batizadas, entendendo com isso que as famílias contêm pessoas de todas as idades. Paulo mesmo batizou um carcereiro seu e toda a sua família, após ter anunciado Jesus Cristo para eles.(…)

 Que se batize o quanto antes, mas que jamais se esqueçam os compromissos que assumem pais e padrinhos ao apresentar as crianças para o Batismo.”

Leia também: 10 atitudes que devem ser assumidas pelos padrinhos de batismo

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.