Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

3 passos para derreter a frieza das emoções

son hugs father

By sebra|Shutterstock

María del Castillo - publicado em 04/12/19

Se você é frio(a) e não nada parece incomodá-lo(a), pode ser que você esteja com as emoções congeladas

Se você atingiu um estado de frieza emocional, pode até pensar que não sente a dor e que custa simpatizar com o sofrimento dos outros.

Mas por que se desenvolve a frieza das emoções?

Existem várias causas:

Anulação: “Para não incomodar, não falo”. A pessoa anula sua dor por medo de incomodar o outro. Como resultado disso, há uma falta de habilidades de gerenciamento emocional e isso produz uma desconexão com o que a pessoa realmente sente.

Desvalorização: “Há outros que sofrem mais que eu, o meu sofrimento não é tanto.” Essa é uma atitude de resignação diante da dor se que está sofrendo. Essas pessoas sofrem, mas menosprezam o que sentem.

Negação: “Eu não paro muito para analisar o que sinto, é preciso seguir em frente”. Aceitar que todo mundo tem sua mochila emocional e que ela gera dor não é algo que agrade, mas quem nega isso procura evitar o sofrimento.

Quais são os passos para derreter a frieza das minhas emoções?

1. Dê voz ao que te causa sofrimento

Mesmo que você não tenha o hábito de falar sobre o que sente, dar um nome ao que te acontece dará estabilidade, segurança e paz.

Existem três perguntas que podem ajudá-lo a se conectar emocionalmente:

  • O que aconteceu objetivamente?
  • O que eu sinto? O que meu corpo sente? (angústia, dor, pressão). Esses sintomas vão dar uma dica do que você realmente sente.
  • Que penso? Que conclusões retiro do que vivi.

2. Mantenha a boa higiene da mente e do coração

Elimine todos os pensamentos que te influenciam emocionalmente e lembre-se:

  • Não fico mais forte por resistir e calar tudo.
  • Eu me permito expressar minhas emoções e necessidades.
  • Agora sou capaz de me proteger e me dar o valor que tenho.

3. Encontre espaços onde possa se expressar

Compartilhar a dor, a preocupação e a angústia, em um ambiente de confiança e clareza, alivia o peso produzido pelas dificuldades emocionais. Precisamos de pessoas que respeitem nosso espaço para conseguir nos expressar e desabafar.

Não esqueça que as emoções fazem parte da vida e que é necessário aprender a gerenciá-las. Nomeie o que sente, identifique e clarifique seus sentimentos.

Tags:
EstresseInteligencia emocionalPsicologia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia