Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 16 Janeiro |
home iconPara Ela
line break icon

3 grandes vantagens de estar grávida na pandemia

pregnant

Syda Productions | Shutterstock

Theresa Civantos Barber - publicado em 27/04/20

De certa forma, esse é o momento ideal para dar as boas-vindas a um bebê

A pandemia de coronavírus apresenta desafios particulares para os futuros pais, principalmente para as futuras mamães.

O medo de contrair este vírus desconhecido e transmiti-lo para o bebê pode tirar o sono das gestantes. Além disso, visitas de parentes e profissionais como as doulas, podem ser impedidas nos hospitais, e o período de recuperação pós-parto é especialmente assustador sem a presença dos familiares e amigos.

Apesar disso, há grandes benefícios em estar grávida e dar à luz durante o período de quarentena. De certa forma, esse é o momento ideal para dar as boas-vindas a um bebê. Em particular, por estes três motivos:

1Tempo ideal para se preparar para o parto ou se recuperar dele

Ter tempo para descansar e se recuperar é essencial para a boa preparação para o parto e para a recuperação pós-parto. Mas isso pode ser difícil durante a “vida normal”. Com funções sociais, obrigações de trabalho e a emoção de familiares e amigos que desejam ver o novo bebê, é difícil ficar, por exemplo, uma semana em casa, na cama. A beleza do isolamento é que você já está em casa e não pode (ou não deveria) sair. Há um amplo espaço livre em sua programação para preparar o quartinho e cuidar das coisinhas do recém-nascido. Após o nascimento, você pode descansar em casa sem sentir a pressão de ter que ir a qualquer lugar ou correr com sua agenda profissional ou familiar. Obviamente, a situação é diferente para os pais que têm filhos mais velhos e um recém-nascido: é muito mais difícil descansar, mesmo quando você não precisa sair de casa, se você tiver outros filhos que também precisam de cuidados e atenção. Pode ser necessário refazer vários planos para cuidar de seus filhos mais velhos depois da chegada do recém-nascido. No entanto, ainda há um benefício em não precisar levar as crianças à escola e às atividades extracurriculares. Especialmente na ausência de outras pessoas de apoio, os maridos têm um chamado particular para cuidar de suas esposas durante esse período e garantir que elas tenham tempo e espaço para se recuperar adequadamente.

2Bebês trazem distrações para os dias difíceis

As notícias podem ser perturbadoras no momento e, às vezes, nem conseguimos nos distrair. Porém, não há distração melhor ou mais doce durante esse período do que um bebê. Não, não é qualquer distração, pois eles requerem muita responsabilidade. Mas quando a ansiedade bater, você pode parar e beijar aquelas pequenas bochechas e cheirar o topo da cabeça do seu bebê. Ah, você já não se sente melhor só de pensar nisso? Criança dá trabalho, mas é um trabalho reconfortante.

3Bebês trazem alegria e esperança para todos

Um bebê é sempre sinal de alegria e esperança. E esse testemunho de uma nova vida nunca foi tão necessário. Seus amigos e familiares compartilharão sua alegria, mesmo de longe. Até o Papa Francisco escreveu no Twitter que “as crianças nascidas durante esse período do coronavírus são um sinal de grande esperança”.

A verdade é que todos nós precisamos de boas notícias agora, e um bebê é a notícia mais feliz de todas. Todo mundo que vir seu filho se sentirá abençoado com a promessa de um futuro promissor que os bebês trazem!


POPE EASTER

Leia também:
Papa Francisco reza pelas mulheres grávidas

Tags:
CoronavírusFilhosGravidezMaternidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia