Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

3 grandes vantagens de estar grávida na quarentena

pregnant
Syda Productions | Shutterstock
Compartilhar

De certa forma, esse é o momento ideal para dar as boas-vindas a um bebê

A pandemia de coronavírus apresenta desafios particulares para os futuros pais, principalmente para as futuras mamães.

O medo de contrair este vírus desconhecido e transmiti-lo para o bebê pode tirar o sono das gestantes. Além disso, visitas de parentes e profissionais como as doulas, podem ser impedidas nos hospitais, e o período de recuperação pós-parto é especialmente assustador sem a presença dos familiares e amigos.

Apesar disso, há grandes benefícios em estar grávida e dar à luz durante o período de quarentena. De certa forma, esse é o momento ideal para dar as boas-vindas a um bebê. Em particular, por estes três motivos:

1
Tempo ideal para se preparar para o parto ou se recuperar dele

Ter tempo para descansar e se recuperar é essencial para a boa preparação para o parto e para a recuperação pós-parto. Mas isso pode ser difícil durante a “vida normal”. Com funções sociais, obrigações de trabalho e a emoção de familiares e amigos que desejam ver o novo bebê, é difícil ficar, por exemplo, uma semana em casa, na cama. A beleza do isolamento é que você já está em casa e não pode (ou não deveria) sair. Há um amplo espaço livre em sua programação para preparar o quartinho e cuidar das coisinhas do recém-nascido. Após o nascimento, você pode descansar em casa sem sentir a pressão de ter que ir a qualquer lugar ou correr com sua agenda profissional ou familiar. Obviamente, a situação é diferente para os pais que têm filhos mais velhos e um recém-nascido: é muito mais difícil descansar, mesmo quando você não precisa sair de casa, se você tiver outros filhos que também precisam de cuidados e atenção. Pode ser necessário refazer vários planos para cuidar de seus filhos mais velhos depois da chegada do recém-nascido. No entanto, ainda há um benefício em não precisar levar as crianças à escola e às atividades extracurriculares. Especialmente na ausência de outras pessoas de apoio, os maridos têm um chamado particular para cuidar de suas esposas durante esse período e garantir que elas tenham tempo e espaço para se recuperar adequadamente.

2
Bebês trazem distrações para os dias difíceis

As notícias podem ser perturbadoras no momento e, às vezes, nem conseguimos nos distrair. Porém, não há distração melhor ou mais doce durante esse período do que um bebê. Não, não é qualquer distração, pois eles requerem muita responsabilidade. Mas quando a ansiedade bater, você pode parar e beijar aquelas pequenas bochechas e cheirar o topo da cabeça do seu bebê. Ah, você já não se sente melhor só de pensar nisso? Criança dá trabalho, mas é um trabalho reconfortante.

3
Bebês trazem alegria e esperança para todos

Um bebê é sempre sinal de alegria e esperança. E esse testemunho de uma nova vida nunca foi tão necessário. Seus amigos e familiares compartilharão sua alegria, mesmo de longe. Até o Papa Francisco escreveu no Twitter que “as crianças nascidas durante esse período do coronavírus são um sinal de grande esperança”.

A verdade é que todos nós precisamos de boas notícias agora, e um bebê é a notícia mais feliz de todas. Todo mundo que vir seu filho se sentirá abençoado com a promessa de um futuro promissor que os bebês trazem!

Boletim
Receba Aleteia todo dia