Aleteia

Você não é de ferro: não tenha vergonha nem medo de dizer que está cansado

Compartilhar

Jesus também sentiu o peso do cansaço, pois era verdadeiramente homem, mas não desistiu. Quando se sentir cansado, não se condene.

Via redes sociais, o pe. Gabriel Vila Verde compartilhou esta exortação para quem está passando aqueles momentos em que o cansaço e o desânimo parecem nos derrotar:

Não tenha vergonha nem medo de dizer que está cansado (a). Você não é de ferro, nem uma cópia daqueles personagens lendários dos filmes de ação. Você é de carne e osso! Gente como a gente! Jesus também sentiu o peso do cansaço, pois era verdadeiramente homem, mas não desistiu. Por isso, quando se sentir cansado, não se culpe nem se condene. Cansar não é desistir. Cansar é pisar no freio da vida, desacelerar os passos, respirar um pouco, rezar mais. Quando retomar o fôlego, prossiga. Se até as máquinas precisam de descanso, que dirá os frágeis humanos. Só não esqueça que o melhor lugar para descansar é o peito de Jesus.

Boletim
Receba Aleteia todo dia