Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconEstilo de vida
line break icon

Que tipo de consciência você tem?

REFLECTION

Dean Drobot | Shutterstock

Robert McTeigue, SJ - publicado em 04/11/20

Dica: quando você usa a palavra “consciência” e a frase “Eu apenas sinto que...”, você pode ter certeza de que está agindo errado

E se eu te perguntasse: “Que tipo de consciência você tem?” (Pergunta bônus: “Por que importa que tipo de consciência você tem?”)

Vejamos a imagem do vinho. O vinho se distingue pelos sentidos da visão, olfato e paladar. A visão nota diferenças óbvias (por exemplo, vermelho versus branco) e um olho atento detecta diferenças mais sutis (por exemplo, tons de vermelho). Você pode treinar seus sentidos para notar diferenças cada vez mais sutis de cor, fragrância e sabor.

Ou seja, crescer em sua capacidade de notar e descrever as diferenças e sutilezas entre os vinhos faz parte do prazer de apreciar o vinho. No entanto, você pode levar uma vida feliz mesmo que nunca aprenda a notar algo mais óbvio do que: “Este vinho é tinto; aquele vinho é branco.”

A apreciação de vinhos pode ser um hobby – e você pode se dar ao luxo de fazê-la em um nível medíocre ou mesmo não fazê-la.

Porém, o aspecto moral da vocação humana é um elemento absolutamente indispensável da vida humana. É inevitável e você não pode se dar ao luxo de fazê-lo mal. É um empreendimento que todos são obrigados a executar com o melhor de sua capacidade.

Assim como cultivar a apreciação do vinho, o ato de cultivar a maturidade moral é beneficiado pelo aprendizado de alguns conceitos e vocabulário importantes.

Continuaremos fazendo nosso caminho juntos através deste exercício de aprender como “ler o manual da consciência” pelas próximas semanas.

Os tipos de consciência podem ser distinguidos pelo tempo, julgamento, conhecimento, certeza e sensibilidade.

Nosso guia

A consciência é o nosso guia para avaliar nossas ações futuras (“faça isso; não faça aquilo”) e nossas ações passadas (“você deve se orgulhar disso: você deve ter vergonha disso”).

Uma consciência voltada para o futuro chama-se consciência antecedente. Por outro lado, uma consciência voltada para o passado chama-se consciência consequente. Quando fazemos um exame de consciência, estamos falando de uma consciência consequente.

A maturidade moral requer a compreensão das quatro funções de uma consciência antecedente: 1) comandar o que é necessário; 2) proibir o que se deve evitar; 3) persuadir ou 4) permitir, ao se calcular uma ação melhor ou pior, na ausência de obrigação.

A consciência, devidamente compreendida (e ao contrário do equívoco popular), é uma função do intelecto e não da emoção. (Dica útil: quando você usa a palavra “consciência” e a frase “Eu apenas sinto que …”, pode ter certeza de que está agindo errado.)

A consciência, como um julgamento do intelecto, pode falhar usando premissas falsas ou tirando conclusões ilógicas.

Em termos de julgamento, portanto, uma consciência pode ser correta (julgar o verdadeiro bom como bom e o verdadeiramente mau como mau) ou errônea (julgar o bem como mau ou o mal como bom).

Certo e errado

A distinção entre uma consciência correta e uma errônea exige que façamos uma distinção adicional sobre a consciência em termos de conhecimento.

Você faz um julgamento falso porque não conhece a verdade. Se é razoável esperar que você supere essa falta de conhecimento em um caso particular, diz-se que sua consciência está acidentalmente errônea. Se não se pode esperar que você supere essa falta de conhecimento, sua consciência é considerada fundamentalmente errônea.

A consciência também pode ser distinguida em termos de certeza. Uma certa consciência julga sem medo de que a conclusão oposta possa ser verdadeira. Uma consciência duvidosa não se inclina a fazer qualquer julgamento em um caso particular, ou faz um julgamento com relutância. Uma consciência duvidosa pode ser uma fonte de dor e angústia muito profundas.

Finalmente, uma consciência pode ser distinguida pela sensibilidade, que descreve o funcionamento da consciência de um indivíduo não em um caso particular (como acima), mas sim como uma questão de hábito.

Uma consciência estrita pode ser aquela que é habitualmente exercida com muito cuidado. Uma consciência relaxada é habitualmente exercida com indiferença à gravidade ou às consequências dos julgamentos morais.

Pode-se dizer que você tem uma consciência perplexa quando habitualmente a perspectiva de fazer um julgamento leva à paralisia.

Você pode ter uma consciência escrupulosa quando habitualmente se tortura (e ao seu confessor) reavaliando decisões passadas. Enfim, uma pessoa escrupulosa pode precisar da ajuda de um bom diretor espiritual e talvez até de um terapeuta.


Conscience

Leia também:
A consciência não é uma emoção – nem perto disso


CONTEMPLATE

Leia também:
Formação da consciência: é hora de ler o manual


in thought

Leia também:
Consciência: aprenda a pensar antes de agir

Tags:
DoutrinamoralPecado
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia