Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quinta-feira 18 Abril |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Como conseguir que a Bíblia seja um livro familiar para os católicos?

jeune femme lisant la bible

Fred de Noyelle / Godong

Jorge Luis Zarazúa - publicado em 17/11/20

Confira algumas dicas práticas para incluir o uso da Bíblia nas celebrações eucarísticas

A constituição dogmática sobre a revelação divina, popularmente conhecida como Dei Verbum, indica que os fiéis católicos devem ter fácil acesso à Sagrada Escritura (DV, 22). No entanto, este ideal, proposto pelos padres conciliares, está longe de ser realidade.

Como conseguir que a Bíblia seja um livro familiar para os católicos? De maneira muito simples. Primeiro, é preciso favorecer que cada católico tenha sua própria Bíblia e que sua leitura se torne imprescindível. Não basta comprá-la e guardá-la em algum canto da casa, mas conseguir que a Bíblia seja o livro de cabeceira de todo católico, para nutrir sua espiritualidade e, portanto, todos os aspectos da sua vida.

Apresentamos, a seguir, algumas iniciativas práticas

Promover que os fiéis católicos vão à Missa com a Bíblia. As leituras da Santa Missa, especialmente da Missa dominical, podem ser feitas diretamente da Bíblia, para favorecer este hábito.

A homilia também pode estar centrada na Bíblia. Assim, o sacerdote indica que versículo está comentando, para que todos possam acompanhar a reflexão e as aplicações às situações atuais.

Para que os fiéis saibam com antecedência quais serão as leituras da celebração, é conveniente anotar as passagens de cada leitura e do salmo responsorial em algum lugar visível.

A Bíblia na procissão de entrada: para que o católicos notem, de maneira visual e impactante, que a Bíblia é o livro fundamental da Igreja, é recomendável que, na procissão de entrada da Missa, as Sagradas Escrituras sejam levadas em destaque, ao invés do Lecionário ou outros subsídios.

O importante é que o católico veja que a Bíblia usada na procissão é a mesma, ou muito parecida, com a que ele tem. Desta mesma Bíblia, pode ser feita a proclamação de cada uma das leituras. Isso servirá para que os fiéis assimilem melhor a importância da Sagrada Escritura.

Conscientização

É importante conscientizar os católicos, cada vez mais, de que a Igreja realmente lê a Bíblia. De fato, muitos irmãos que antes eram católicos e que hoje fazem parte de alguma seita costumam afirmar que na Igreja Católica nunca se utiliza a Bíblia, porque nunca a viram nas celebrações.

Para que isso seja ainda mais visível, o sacerdote, bem como aqueles que o ajudam no altar, devem utilizar sua própria Bíblia. Quando o padre dá a homilia, pode tê-la em suas mãos, indicando as passagens que está comentando, lendo alguns versículos em voz alta, explicando-os.

Estas pequenas, mas significativas mudanças, podem revolucionar a vida da Igreja. Os resultados são visíveis nas comunidades que seguem estas iniciativas.

Em muitos casos, os católicos vão à Missa não somente com a Bíblia na mão, mas também com alguma caderneta e caneta, para fazer anotações, que certamente os ajudam a assimilar melhor a mensagem da Escritura.

A aplicação destas iniciativas pode melhorar também a pregação do sacerdote e potencializar a compreensão da mensagem de Deus por parte dos fiéis. A pregação se torna mais dinâmica e eficaz, já que cada fiel católico vai acompanhando atentamente a homilia, usando abundantemente sua Bíblia.

Assim, sem necessidade de implementar campanhas muito caras para a difusão da Bíblia, é possível fazer que a Sagrada Escritura esteja ao alcance de todos.

Não são necessários grandes gastos para tornar realidade o sonho dos padres conciliares. Basta que os bispos e sacerdotes levem em consideração a importância desta iniciativa e a promovam nas dioceses e paróquias que estão sob seus cuidados.


BIBLIA

Leia também:
Você sabe como a Bíblia foi escrita?


Bible

Leia também:
O poder da Bíblia na cura de traumas e do sofrimento

Tags:
BíbliaLiturgia
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia