Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Julho |
Santos Abdon e Sénen
home iconAtualidade
line break icon

ONU alerta para agravamento da fome na América Central

COLCHANE

IGNACIO MUNOZ | AFP

Reportagem local - publicado em 23/02/21 - atualizado em 25/02/21

Situação de insegurança alimentar atinge 8 milhões

O nível de insegurança alimentar está aumentando fortemente na América Central, onde quatro países enfrentam crises econômicas motivadas pela pandemia do novo coronavírus e catástrofes climáticas, advertiu (23) hoje a Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo o Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas, o número de pessoas em situação de insegurança alimentar, que em 2018 era de cerca de 2,2 milhões em El Salvador, Honduras, na Guatemala e Nicarágua, quase quadruplicou, atingindo 8 milhões.

Entre esses 8 milhões, 1,7 milhão de pessoas necessitam de ajuda alimentar de urgência, informou o PAM em comunicado, no qual também apela por maior envolvimento dos doadores.

A agência da ONU destacou que a região, onde vários anos de seca e de alterações climáticas perturbaram a produção alimentar, sofreu particularmente os efeitos dos furações de 2020, que destruíram colheitas vitais.

“Os furacões Eta e Iota, que atingiram a América Central em novembro de 2020, afetaram a vida de 6,8 milhões de pessoas que perderam as suas habitações e o seu ganha-pão”, acrescentou a organização internacional.

“Atendendo ao nível de destruição e aos problemas com que se confrontam as pessoas afetadas, calculamos que a recuperação seja longa e lenta”, considerou Miguel Barreto, chefe do PAM para a América Latina e Caribe.

Antes da chegada dos furacões, a pandemia já tinha atingido fortemente a população dos quatro países, onde um elevado número de núcleos familiares registou quebra de rendimento ou perda de emprego.

Segundo os inquéritos do PAM, o número de famílias na Guatemala que afirmam não ter o suficiente para comer duplicou em relação ao período anterior à pandemia, e o número aumentou mais de 50% em Honduras.

“As comunidades urbanas e rurais da América Central tocaram no fundo”, advertiu Miguel Barreto.

“A crise económica provocada pelo novo coronavírus já tinha tornado inacessíveis os alimentos disponíveis nos mercados para as famílias mais vulneráveis, que ainda foram mais afetadas pelos furacões Eta e Iota”, afirmou.

“Muitos não têm onde viver e refugiaram-se em abrigos temporários, onde sobrevivem com menos que nada”.

Devido à destruição de muitas habitações e quintas, as reservas alimentares ameaçam esgotar-se e as oportunidades de trabalho escasseia. Cerca de 15% das pessoas ouvidas pelo PAM afirmaram que pretendem emigrar, contra 8% em 2018.

O programa apelou aos doadores internacionais para intensificarem a ajuda, indicando que precisam de mais de US$ 47 milhões para ajudar 2,6 milhões de pessoas nos quatro países, durante os próximos seis meses.


MOZAMBIQUE REFUGEES

Leia também:
Moçambique: há fome entre os deslocados que vivem na cidade de Pemba

(Agência Brasil)

Tags:
CoronavírusPobreza
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
2
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
3
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
4
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
5
David Arias
Reportagem local
Ex-satanista mexicano retorna à Igreja e testemunha: “O ter...
6
Claudio de Castro
Como salvar nossas almas nos últimos minutos antes da morte
7
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia