Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 12 Abril |
São David Uribe Velasco
home iconEstilo de vida
line break icon

7 dicas essenciais para quem trabalha em home office e tem um bebê

WORKING MOM

Shutterstock

Cecilia Pigg - publicado em 03/03/21

Mergulhar em um trabalho remoto com um bebê novinho em casa não é fácil. Mas estas dicas podem facilitar sua vida

Quando eu estava grávida do meu primeiro filho, tinha um emprego onde trabalhava remotamente, o famoso home office. “Perfeito”, pensei. Depois que o bebê nascer, posso simplesmente continuar trabalhando de casa.

Entretanto, não imaginava quão difícil seria trabalhar em home office com um bebê por perto! É difícil, mas não impossível. Será um desafio? Claro que será.

Se você está nesta situação, aqui estão algumas dicas para você mergulhar em uma semana de trabalho de 40 horas com um bebezinho do seu lado.

1- Planeje estrategicamente suas reuniões

Quanto mais seu bebê cresce, mais você pode contar com uma rotina estabelecida e, assim, planejar reuniões para quando ele estiver dormindo. Se você precisa voltar a trabalhar quando o bebê estiver novinho, esta será a parte mais difícil. Mas saiba que tudo ficará mais fácil em breve. Portanto, por ora, guarde seus melhores truques de apaziguar o bebê para horários de reuniões.

2 – Encontre um transportador de bebês

Os bebês adoram ficar no colo. E, com um transportador do tipo canguru, você pode ter as mãos livres para digitar. Se você pode pegar um emprestado de uma amiga, tente isso. Não compre um até que você não consiga descobrir ou se sentir confortável com o modelo). E se você ou seu bebê tiver problemas com o acessório, não tenha medo de tentar novamente uma semana depois. Às vezes, uma semana pode significar um mundo de diferença, pois seu filho está crescendo e mudando muito rapidamente.

3 – Faça pausas constantes

Perceba que você não poderá trabalhar ou ser mãe exatamente como você esperava. Isso foi algo que demorei a aceitar. Basta dar um passo para trás e saber que se você está trabalhando 40 horas por semana e mantendo uma criança pequena viva. Ou seja: você está muitíssimo ocupada! É normal ainda sentir que você está descobrindo como fazer malabarismos todas as semanas. O que é maravilhoso e confuso sobre os bebezinhos é que as necessidades e os horários deles mudam constantemente à medida em que eles vão crescendo. Então, você tem que estar dispostoa a ser flexível e aceitar um novo normal. Do contrário, você não sobreviverá.

4- Priorize as refeições

Seu dia envolverá intervalos regulares de alimentação do bebê, mas não se esqueça de que você também tem que comer! Prepare almoços e cafés da manhã rápidos no início da semana para que você possa ter as refeições já preparadas. Isso vai facilitar sua vida. Burritos, wraps, iogurte, nozes e frutas, por exemplo, são fáceis de ter sempre à mão (mesmo no home office).

5 – Se possível, seja flexível com seu expediente

Se você puder acordar cedo e trabalhar fora do horário de expediente “normal”, excelente. Outra alternativa é  passar algum tempo à noite trabalhando, enquanto seu marido, parente ou amiga cuida do bebê.

6 – Aceite ajuda

Se alguém se oferecer para te ajudar de alguma forma, aceite. E se ninguém estiver oferecendo ajuda, peça. Permitir que outras pessoas te ajudem é um ato de vulnerabilidade – o que é bom para você crescer e se expandir. Além disso, o fato de você aceitar a ajuda proporciona à outra pessoa uma boa maneira de crescer em generosidade.

7 – Recorra aos especialistas celestiais

Finalmente, quando você precisar de uma dose extra de graça no seu home office com um bebê, peça a intercessão de mães santas trabalhadoras como Santa Gianna Beretta Molla ou Santa Zélia Martin! Elas eram mães que trabalhavam e elas entendem as suas dificuldades!


MAN,ALONE,OFFICE

Leia também:
Quarentena: como garantir a produtividade no home office

Tags:
BebêsEspiritualidadePandemiaTrabalho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
2
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
3
Padre Gilvan Manuel da Silva perde pais e irmãos para covid-19
Reportagem local
Padre perde pais e irmãos para covid-19 e afirma: “Continua...
4
ALTAR BOY,
Un cammino chiamato famiglia
Coroinha desmaia durante Via Sacra, mas a cru...
5
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
6
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
7
CARDEAL RANIERO CANTALAMESSA
Francisco Vêneto
Desobediência à Igreja dilacera a fraternidade católica, diz preg...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia