Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 14 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

7 vencedores do Globo de Ouro disponíveis por streaming

WEB2-THE-QUEENS-GAMBIT-IMDB.jpg

IMDB

Anya Taylor-Joy dans "The Queen's Gambit" (Le jeu de la dame), une série Netflix sortie fin 2020.

Octavio Messias - publicado em 03/03/21

Filmes e séries produzidos pelo Netflix somaram nove estatuetas; Amazon e HBO GO também foram premiados 

Se antes da pandemia já se achava que era questão de tempo até serviços de streaming como Netflix ocuparem o lugar dos grandes estúdios na produção de filmes e séries de relevância mundial, agora já é praticamente uma realidade, uma vez que o surto de coronavírus cessou temporariamente todas as atividades em Hollywood pela primeira vez na história e as salas de cinema em todo o mundo continuam sofrendo com a falta de espectadores, devido ao necessário distanciamento social.

Tal posição de serviços como Netflix, HBO GO, Amazon Prime Video e Apple TV+ foi oficializada na noite do último domingo (28), com a transmissão do anúncio dos vencedores do 78º Globo de Ouro. Por conta da pandemia, o evento não teve plateia e as apresentadoras, Tina Fey e Amy Poehler, se revezaram, respectivamente, de Nova York e Beverly Hills. Grande vencedor da noite, só o Netflix levou nove estatuetas.

Confira, a seguir, 7 dos melhores filmes e séries premiados que estão disponíveis nas plataformas de streaming:

1- The Crown, de Peter Morgan (Netflix)

 A quarta temporada da série sobre o reino da Rainha Elizabeth II levou a melhor em todas as categorias que disputou: Melhor Série de Drama, Melhor Ator (John O’Connor), Melhor Atriz (Emma Corrin) e Melhor Atriz Coadjuvante (Gillian Anderson).

2- Gambito da Rainha, de Scott Frank (Netflix)

Dividido em sete episódios, o seriado mais popular da história do Netflix  levou os prêmios de Melhor Minissérie ou Filme para a TV e Melhor Atriz para Anya Taylor-Joy, que vive a protagonista Beth Harmon, uma  garota-prodígio do xadrez que luta contra o vício.

Sacha Baron Cohen e outros seis líderes de movimentos sociais em meio a uma confusão com a polícia no final dos anos 60.

3- A Voz Suprema do Blues, de George C. Wolfe (Netflix)

Adaptação da peça teatral de August Wilson, garantiu o prêmio póstumo de Melhor Ator em Filme de Drama para Chadwick Boseman, morto de câncer no ano passado, que vive um trompetista de jazz que luta para viver de música em meio aos desafios do cotidiano.

4- Os Sete de Chicago, de Aaron Sorkin (Netflix)

Vencedor do Globo de Ouro de Melhor Roteiro, o filme, baseado em fatos reais, conta a história do julgamento do revolucionário Abbie Hoffman.

5- Borat: Fita de Cinema Seguinte, de Jason Woliner (Amazon Prime Video)

A continuação do controverso filme Borat (2006) levou os prêmios de Melhor Produção de Comédia e Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical para Sacha Baron Cohen, que volta a interpretar o aloprado repórter do Cazaquistão, que volta aos Estados Unidos depois de 15 anos.

6- Ted Lasso, de Bill Lawrence, Jason Sudeikis e outros (Apple TV+)

O co-criador e protagonista Jason Sudeikis levou o prêmio de Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical por sua interpretação de um técnico de futebol que vai para a Inglaterra treinar um time de futebol. O personagem foi tirado de um comercial estrelado pelo próprio Sudeikis que desde 2013 promove a liga Premier de futebol no canal NBC Sports.

7- Judas e o Messias Negro, de Shaka King  (Apple TV+)

O Globo de Ouro deu sua quinta estatueta de Melhor Ator Coadjuvante em Filme para um ator negro na história, para Daniel Kaluuya, que no filme interpreta Fred Hampton (1948-1969), o presidente dos Panteras Negras, um dos principais movimentos contra a luta racial de todos os tempos.


NEWS

Leia também:
10 séries para maratonar na quarentena

Tags:
ArteCinema
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia