Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 24 Outubro |
São José Lê Dang Thi
Aleteia logo
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Brasil: médica exclui redes sociais da filha e recebe ataques e elogios

Mãe de Nina Rios, Fernanda Rocha Kanner exclui redes sociais da filha

@ferochakanner | Instagram

Reportagem local - publicado em 15/07/21

"Nossa função como mãe não é ser amiguinha de vocês. Ser famoso a qualquer custo é talvez o sonho mais triste do qual já ouvi falar"

Médica exclui redes sociais da filha e recebe uma torrente tanto de ataques quanto de elogios: o caso, ocorrido no Brasil, tem despertado um relevante debate sobre os efeitos da internet na vida dos assim chamados “influenciadores digitais” e dos seus seguidores – assim como sobre as responsabilidades de mães e pais a esse respeito.

Fernanda Rocha Kanner publicou em seu próprio Instagram o porquê da ausência da filha, Nina Rios, de 14 anos, tanto dessa rede quanto do TikTok. Nina tinha quase 2 milhões de seguidores, o que explica, em parte, as reações de “revolta” de muitos adolescentes em paralelo aos aplausos de muitos pais.

Eis o que Fernanda escreveu em seu perfil:

“Turminha teen, eu vou escrever aqui porque recebi muitos directs de seguidores da Nina querendo saber o que aconteceu por ela ter sumido. Decidi apagar a conta do Tiktok e do Instagram dela. Chata, eu sei, mas nossa função como mãe não é ser amiguinha de vocês e isso vocês só vão entender em retrospectiva. Papo de tia.

O carinho que vocês têm por ela é a coisa mais fofa, mas eu não acho saudável nem para um adulto e muito menos para uma adolescente basear referências de autoconhecimento em feedback virtual. Isso é ilusão e ilusão mete uma neblina danada na estrada do se encontrar. Entre suas mídias eram quase 2 milhões de seguidores, dezenas de fã-clubes, tudo muito doce, mas também prejudicial para qualquer adolescente em processo de descoberta e busca pela individualidade”.

A mãe prosseguiu:

“Eu não quero que ela cresça acreditando que é esse personagem. Não quero ela divulgando roupas inflamáveis de poliéster made in China. Não quero minha filha brilhante se prestando a dancinhas diárias como um babuíno treinado. Acho divertido.. e mega insuficiente.

Triste geração em que isso justifica fama. Li outro dia que a gente tem que voltar a ter vergonha de ser burro e é bem por aí. Saudade de quando precisava ter talento em alguma coisa para se destacar. Nascemos com vários dons que nos fazem únicos, mas quando a gente copy paste a manada eles se diluem no processo e a gente cresce sendo só mais um na multidão.

Não quero que ela se emocione com biscoitos (assim que fala?) e elogios. Nem que se abale com críticas de quem não conhece. Opiniões são só reflexos de quem está oferecendo e não de quem recebe. Você me acha linda pq você é linda ou está feliz. Você me acha feia pq você é feia ou teve um dia ruim. Eu não tenho nada a ver com isso”.

Para finalizar, Fernanda informou:

“A fã número um dela sou eu e ela continuará dando as caras por aqui, se quiser. Quando ela tiver conteúdo interessante para dividir ela pode voltar a ter conta. Conforme os planos, ela vai pra Suíça junto com big bro no segundo semestre continuar os estudos por lá. Pular de para-quedas, estudar biologia na floresta, salvar umas vacas nos Alpes. A vida só presta quando se é feliz offline primeiro. Bjs da tia Fê”.

Médica exclui redes sociais da filha e recebe ataques e elogios

Após a repercussão desse texto, Fernanda publicou uma atualização:

“Pras crianças mal-educadas fãs da Nina que seguem mandando direct me xingando, desejo que seus pais apresentem vocês ao castigo e limite, coisas que vocês nunca viram na vida. Vocês me dão certeza de ter tomado a decisão certa em tirá-la desse mundinho, vulgar terra de ninguém.

Para as que falam que eu destruí a carreira dela.. Deus queira que vocês tenham razão. Amém, amém. Pasmem, mas ‘occupation: tiktoker’ não é o sonho de currículo da maioria dos pais. Vale aquela frase batida de que ser famoso em rede social é a mesma coisa que ser rico no banco imobiliário.

Ser famoso a qualquer custo é talvez o sonho mais triste do qual já ouvi falar. Mirem um pouquinho mais alto, generation cringe”.

View this post on Instagram

A post shared by Fernanda Rocha Kanner (@ferochakanner)

Tags:
EducaçãoFilhosRedes sociaisValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos
Francisco Vêneto
Jovem casal brasileiro com 8 filhos espera gêmeos: “cada um vale ...
2
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
3
Papa Emérito Bento XVI
Francisco Vêneto
Bento XVI: “Espero me unir logo” aos amigos que já estão na etern...
4
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
5
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Papa Francisco São José Menino Jesus
Ricardo Sanches
A oração a São José que o Papa Francisco reza todos os dias há 40...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia