Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Espiritualidade
separateurCreated with Sketch.

A estratégia do diabo para atrapalhar nosso caminho de santidade

MĘŻCZYZNA W CIEMNOŚCI

Federico Rizzarelli/Unsplash | CC0

Philip Kosloski - publicado em 29/07/21

Ele é mesmo sorrateiro

O diabo odeia nos ver progredir no caminho da virtude. Quando crescemos em santidade, o diabo dobra seus esforços e tenta nos voltar para o vício.

O padre italiano Lorenzo Scupoli escreve sobre a estratégia do diabo em seu clássico “O Combate Espiritual”, publicado em 1589. Ele explica como o demônio atua:

“Primeiro de tudo, o demônio tentará nos tentar com boas obras que estão além de nossa capacidade. Isso pode criar dentro de nós um sentimento de desapontamento, tentando-nos a retornar à nossa vida de pecado e desistir de nossa luta.”

Scupoli dá um exemplo:

“Uma pessoa doente está, talvez, levando sua doença com paciência. O astuto adversário (…) imediatamente coloca diante dele [do doente] todas as boas obras que, em uma condição diferente, ele poderia ser capaz de realizar, e tenta persuadi-lo de que, se ele estivesse bem, ele seria capaz de servir melhor a Deus e ser mais útil para si e para os outros.

Tendo uma vez despertado tais desejos, ele continua aumentando-os gradualmente, até que ele deixa o doente inquieto com a impossibilidade de levá-los a efeito; e quanto mais profundos e fortes esses desejos se tornam, mais essa inquietação aumenta.”

Como resistir

O segredo para resistir à astúcia de satanás é confiar em Deus, focando em nossa situação atual e estando satisfeitos com o que podemos fazer no momento presente. Em vez de ficar insatisfeito com o que “poderia ser”, é melhor permanecer enraizado no aqui e agora. Deus cuidará do resto.

Em segundo lugar, o diabo pode usar nossas virtudes como motivo de orgulho. Ele pode nos tentar a pensar que somos a única causa de nossa virtude, ou que somos melhores que os outros. Isso pode facilmente nos levar pelo caminho errado.

“Para preservar-se deste perigo, escolha para o seu campo de batalha o terreno seguro e nivelado de uma convicção verdadeira e profunda do seu próprio nada, de que você não é nada, de que nada sabe, de que nada pode fazer [sem Deus].”

Devemos sempre lembrar que, mesmo quando progredimos na vida espiritual, nada tem a ver conosco, mas tudo a ver com Deus.

Acima de tudo, esteja vigilante! Se você quer progredir em virtude, esteja ciente de que o diabo tentará te afastar de Deus.

Tags:
DemônioPecado
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia