Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 08 Dezembro |
Imaculada Conceição de Nossa Senhora
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Filho de faxineira passa em medicina e faz surpresa emocionante para a mãe

Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 10/11/21

"Não era uma ilusão, era só um sonho difícil", disse o rapaz ao agradecer à mãe

É a notícia que toda mãe quer receber: o filho passou no vestibular. Principalmente se for para medicina, um dos cursos mais concorridos. Agora, se a família é de origem humilde, tal notícia tem os sabores de vitória e orgulho ainda mais acentuados.

E essa é, exatamente, a história de André Ramon, 26 anos, e da mãe dele, Vilenilde Arruda Maciel, de 48 anos. Em agosto de 2021, quando soube que passou em medicina na Universidade Federal do Acre, André foi até a academia onde Vilenilde trabalha como faxineira para dar a notícia pessoalmente à mãe.

“Mãe, eu vim lhe avisar que não era uma ilusão, era só um sonho difícil e eu passei em medicina na Universidade Federal do Acre”, disse André, que depois de dar um longo e apertado abraço na mãe, começou a chorar de emoção.

Dona Vilenilde também se emocionou, e respondeu: “Esse é o melhor presente da mamãe. Graças a Deus, parabéns mesmo”.

Assista:

Sonho difícil

E tanta emoção tem motivo. De origem pobre, Dona Vilenilde é mãe de sete filhos e, atualmente, apenas ela sustenta a casa. Teve que trabalhar muito como faxineira para permitir que André ficasse em casa estudando para o vestibular. Mas, nas horas vagas ele também fazia bicos para ajudar a pagar as despesas da casa. Dividia a rotina dos livros com os serviços de limpeza de piscinas e quintais.

André foi alfabetizado em uma escola rural. Depois, estudou em escolas públicas. Tentou passar em medicina por seis vezes consecutivas. Em 2020, ganhou uma bolsa integral para fazer um cursinho pré-vestibular. A jornada rumo ao sonho incluía mais de oito horas por dia em meio a leituras, cálculos, pesquisas e simulados.

Na pandemia, a escola fechou e ele não conseguia estudar em casa. O rapaz mora em uma casa de madeira (onde faz muito calor) e não tem internet para acessar as aulas. Com as bibliotecas também fechadas, precisou contar com a ajuda de um amigo, que lhe cedeu um quarto com ar-condicionado, computador e internet.

Mudança de vida

“Tenho certeza que agora começa uma nova etapa nas nossas vidas. Estou com muito orgulho e espero que a gente consiga caminhar para uma vida melhor a partir de agora”, disse a mãe ao G1.

Ao relembrar as dificuldades por que passou, o rapaz também tem esperança de mudar de vida com a faculdade. “Nossa cultura no Acre e no Brasil é que quando uma pessoa pobre faz 19 anos ela tem que sair de casa e procurar trabalho e eu não, fui contra isso e as pessoas não entendem. Muitas vezes, fui chamado de vagabundo, mas continuei estudando e minha mãe entendia. Eu sabia que somente a educação ia poder me fazer virar a chave”, afirmou.

Enquanto as aulas na universidade não começam, André trabalha como porteiro para ajudar a pagar as contas de casa.

Tags:
Educação dos FilhosFelicidadeFilhos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia