Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 24 Janeiro |
São Feliciano de Foligno
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que é a “terapia da humildade”?

arrogant

CalypsoArt - Shutterstock

Dolors Massot - publicado em 29/12/21

A humildade é uma virtude vital para ajudar a superar muitos transtornos de personalidade e redirecionar pensamentos negativos

Do ponto de vista da normalidade da vida humana, certos transtornos de personalidade costumam estar enraizados na incapacidade de pensar positivamente dos outros.

Os profissionais que se dedicam à psicoterapia, reconhecem isso quando ouvem alguém falar sobre seus problemas. Certa vez, ao sugerir a virtude da humildade para curar todos os conflitos do coração de um paciente, ele me perguntou:

– Sim, mas … humildade? Que terapia é essa?

Minha resposta foi que humildade é, antes de tudo, andar na verdade e com respeito a tudo o que é bom, porque a verdade convém ao nosso ser.

Como explicar a humildade com mais clareza?

Trata-se de compreender que o que você pensa sobre si mesmo, sobre outras pessoas e sobre o mundo ao seu redor o afeta positiva ou negativamente. Além disso, podemos aprender a identificar tais pensamentos quando são negativos, a modificá-los, de forma que nossas ações se adaptem a essa forma de viver com mais paz e liberdade.

É, por assim dizer, todo um programa de maturidade em que a própria felicidade é desempenhada, bem como a dos outros. Tanto que, diante das dificuldades, vale a pena pedir conselhos e deixar-se ajudar pelas pessoas certas.

Por este caminho poderemos conquistar a boa vontade tão necessária para compreender, desculpar, perdoar, acolher e amar os outros, fazendo com que muitos problemas desapareçam, sejam resolvidos ou superados da melhor maneira.

Exemplo de humildade

Um paciente me contou que começou a se curar de muitos conflitos internos ao criar o hábito de rezar diante de uma manjedoura. Ele reconheceu o exemplo de humildade no nascimento de quem, sendo Mestre e Senhor de toda a criação, também precisou do cuidado típico de cada recém-nascido para sobreviver.

A lição foi brilhante!

Deus, que poderia ter nascido em mil circunstâncias diferentes, escolheu a pobreza e a indiferença dos homens para apontar a necessidade da humildade para crescer na reciprocidade do seu amor. Algo que devemos aprender e reaprender ao longo de nossas vidas.

Portanto, é muito apropriado nos perguntarmos: “Qual a importância de aprender a nos deixar humilhar pelas coisas deste mundo sem que isso se traduza em complexos que nos adoecem por ocupar todo o nosso coração e mente?” 

Quantas oportunidades se apresentam a nós para nos deixarmos humilhar e sair fortalecidos sem recorrer a frases como: eles não me amam, não me compreendem, eles não me reconhecem, eles não me pediram perdão, seus defeitos são tais e tais, eu derramei sangue por eles.

Oportunidades para alcançar a cura e a paz

São oportunidades para alcançar saúde física, psicológica, emocional e espiritual. Através da humildade reconhecemos que os defeitos e limitações dos outros não nos tiram o que há de mais importante em nossas vidas: o amor de Deus por nós.

Pensando assim, com verdade e humildade, alcançaremos as verdadeiras paz interior e liberdade.

Se agíssemos desta forma, quanta infelicidade e distúrbios como amor egoísta, possessividade, quantos problemas conjugais, auto-engano, suscetibilidade, insegurança, doenças neuróticas e vários vícios poderiam ser evitados?

Humildade não é aceitar injustiça

Humildade é viver com sabedoria, dando a outra face, mas sem aceitar a falta de caráter ou permitir a injustiça. É a verdadeira força interior para agir com a força do amor.

Força pela qual voltamos a ser como crianças, que não é infantilidade, mas maturidade para alcançar no coração a simplicidade e a espontaneidade de pensar, falar e fazer com a verdade e sorrir com a alma. 

Tags:
HumildadePsicologiaValoresVirtudes
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia