Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 16 Maio |
Santo André Bobola Mártir (†1657) Comemoração: 16 de maio
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Muito além da Ucrânia: há 70 países com guerras hoje no mundo

WEAPON

Steve Evans-(CC BY-NC 2.0)

Gelsomino Del Guercio - publicado em 10/03/22

Na Síria, 333 pessoas foram mortas só em fevereiro. Do México às Filipinas, um mapa dos conflitos atuais em todo o planeta

Quantos são hoje os países com guerras?

A guerra na Ucrânia tem ocupado as atenções globais de modo intenso desde o seu início, em 24 de fevereiro – o amplo espaço midático é facilmente compreensível porque as agressões militares partem de uma das maiores potências nucleares do mundo e, por conseguinte, acendem alarmes vermelhos para a segurança de todo o planeta.

Entretanto, há muitos outros conflitos deflagrados no mundo, que, embora incomparavelmente menos mediáticos neste momento, não são menos graves em termos de mortes e destruição. Em total, há hoje 70 países envolvidos em guerras, bem como 869 milícias-guerrilhas e grupos terroristas-separatistas-anarquistas em ação.

Europa: Daguestão e Chechênia

Além da guerra entre Ucrânia e Rússia, os focos na Europa são a Chechênia e o Daguestão, ambos territórios da antiga União Soviética, pertencentes atualmente à Rússia. Nos dois casos persiste uma guerra entre o Estado russo e grupos radicais islâmicos.

Síria

O conflito mais perigoso da atualidade na Ásia continua sendo o da Síria, que já ocupou amplamente as manchetes mundiais alguns anos atrás e, pouco a pouco, foi perdendo espaço na mídia – mas não no cotidiano da população. Somente em fevereiro, 333 pessoas foram mortas na guerra civil síria, que já se arrasta há cerca de 11 anos. Segundo o Observatório Nacional de Direitos Humanos na Síria, 161 das vítimas eram civis, das quais 34 crianças e adolescentes e 11 mulheres.

Entre militares e milicianos, as vítimas foram 172, incluindo terroristas do grupo Estado Islâmico, membros das Forças Democráticas Sírias (SDF), lideradas por curdos, soldados do governo e combatentes opositores ao regime do ditador Bashar Al-Assad. O Observatório também aponta um aumento dos bombardeios na “zona de desescalada” que se estende entre os arredores de Aleppo e a província de Lattakia: mais de 1.400 mísseis foram lançados contra alvos civis e militares no período (Avvenire, 2 de março).

Outras guerras na Ásia

  • Afeganistão: o Talibã assumiu o poder em agosto de 2021;
  • Mianmar: na antiga Birmânia, a guerra é contra grupos rebeldes;
  • Filipinas: guerra contra militantes islâmicos;
  • Paquistão: guerra contra militantes islâmicos;
  • Tailândia: há áreas de confronto derivadas do golpe de maio de 2014.
  • Iraque: guerra contra militantes do grupo Estado Islâmico;
  • Israel: guerra contra militantes islâmicos na Faixa de Gaza;
  • Iêmen: guerra contra e entre militantes islâmicos.

Camarões

Na África, a situação em Camarões vem se tornando mais grave a cada dia. Na parte anglófona, situada nas regiões sudoeste e noroeste do país, há confrontos frequentes entre as forças armadas nacionais, que são francófonas, e forças separatistas locais que lutam pela independência. A guerra é conhecida como Crise Anglófona ou Guerra da Ambazônia, nome da região em conflito conforme é chamada pelos separatistas. O território abriga 20% da população camaronesa.

O jornalista camaronês Zeta Blaise Eyong resume a situação: “A vida é quase normal aqui; lojas e bancos estão abertos. Mas há sempre o risco de que, quando você está no mercado, ou enquanto dirige, alguém detone uma bomba, você leve uma bala perdida, ou a polícia prenda você porque acha que você é cúmplice dos separatistas”. Segundo a Human Rights Watch, só em 2020 foram mortos “centenas de civis” por causa dessa guerra, além de “dezenas de milhares de pessoas” terem sido forçadas a fugir (zetaluiss.it).

Outras guerras na África

Há nada menos que 31 países com situações de guerra na África. Os focos mais candentes estão em:

  • Burkina Faso: confrontos entre grupos étnicos;
  • Egipto: guerra contra militantes do Estado Islâmico;
  • Líbia: guerra civil;
  • Mali: confrontos entre exército e grupos rebeldes;
  • Moçambique: confrontos com os rebeldes da RENAMO;
  • Nigéria: guerra contra militantes islâmicos;
  • República Centro-Africana: frequentes confrontos armados entre muçulmanos e cristãos;
  • República Democrática do Congo: guerra contra grupos rebeldes;
  • Somália: guerra contra militantes islâmicos do Al-Shabaab;
  • Sudão: guerra contra grupos rebeldes em Darfur;
  • Sudão do Sul: confrontos com grupos rebeldes.

Nas Américas

Têm status de guerra, no continente americano, dois longos e complexos cenários de violência crônica ligada ao narcotráfico em algumas regiões da Colômbia e do México, incluindo frequentes e devastadores confrontos armados entre o exército regular e grupos guerrilheiros e paramilitares armados pelos cartéis de drogas.

Tags:
GuerraIdeologiaPerseguiçãoPolíticaTerrorismo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia