Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 05 Outubro |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

A dor de Cristiano Ronaldo pela perda do filho: “Estamos devastados”

shutterstock_2135889177.jpg

Shutterstock

Ricardo Sanches - publicado em 19/04/22

A esposa do jogador esperava um casal de gêmeos, mas o menino morreu no parto: "És o nosso anjo. Vamos amar-te para sempre", escreveu o jogador português

A dor e a tristeza pela perda de filho é imensurável. E tamanho sofrimento pode ser notado na mensagem publicada pelo jogador Cristiano Ronaldo ao comunicar que um dos gêmeos que ele e a esposa esperavam não sobreviveu. “É a maior dor que quaisquer pais podem sentir”, lamentou o craque do Manchester United no Instagram.

Cristiano Ronaldo e a esposa Georgina Rodríguez anunciaram a gravidez do casal de gêmeos em outubro de 2021. Segundo a imprensa portuguesa, o menino morreu durante o parto, e a menina passa bem.

“Só o nascimento da nossa bebé nos dá forças para viver este momento com alguma esperança e felicidade”, explicou o jogador. Ele também fez questão de agradecer aos profissionais de saúde que cuidaram da esposa e dos bebês. “Gostaríamos de agradecer aos médicos e enfermeiros por todo o cuidado e apoio disponibilizado. Estamos devastados”, acrescentou.

Ao final da publicação, Cristiano Ronaldo pediu privacidade neste momento difícil pela perda do filho e declarou: “Nosso menino, és o nosso anjo. Vamos amar-te para sempre.”

View this post on Instagram

A post shared by Cristiano Ronaldo (@cristiano)

Palavras de apoio

Os fãs de Cristiano Ronaldo ficaram consternados com a notícia. Muitos fizeram questão de enviar-lhe palavras de apoio e esperança através das redes sociais. Marta Silva, a jogadora brasileira de futebol, escreveu: “Muita força pra você, sua esposa e toda sua família”.

O Manchester United, time onde Cristiano Ronaldo joga atualmente, declarou: “Sua dor é a nossa dor. Enviamos amor e força para você e para a família neste momento”.

O jogador brasileiro Felipe Melo também transmitiu suas condolências: “Deus sabe de todas as coisas, sinto muito lenda!”

A dor da perda de um filho

De fato, como disse Cristiano Ronaldo, a dor pela perda de um filho é devastadora. O Papa Francisco, em uma catequese de 2015, disse que se trata de uma dor “enorme”. O pontífice afirmou:

“A perda de um filho ou de uma filha é como se o tempo parasse: abre-se um abismo que engole o passado e também o futuro. A morte, que leva embora o filho pequeno ou jovem, é uma bofetada às promessas, aos dons e aos sacrifícios de amor jubilosamente confiados à vida que fizemos nascer”.

Fé e amor

Mas o Santo Padre também afirmou a fé e o amor são capazes de se fazer superar o luto, a tristeza e a morte:

“Todas as vezes que a família em luto — até terrível — encontra a força de conservar a fé e o amor que nos unem a quantos amamos, ela impede desde já que a morte arrebate tudo. A escuridão da morte deve ser enfrentada com um esforço de amor mais intenso. «Meu Deus, ilumina as minhas trevas!», é a invocação de liturgia da noite. À luz da Ressurreição do Senhor, que não abandona nenhum daqueles que o Pai lhe confiou, nós podemos privar a morte do seu «aguilhão», como dizia o apóstolo Paulo (1 Cor 15, 55); podemos impedir que ela envenene a nossa vida, que torne vãos os nossos afectos, que nos leve a cair no vazio mais obscuro.

Nesta fé, podemos consolar-nos uns aos outros, conscientes de que o Senhor venceu a morte de uma vez para sempre. Os nossos entes queridos não desapareceram nas trevas do nada: a esperança assegura-nos que eles estão nas mãos bondosas e vigorosas de Deus. O amor é mais forte do que a morte. Por isso, o caminho consiste em fazer aumentar o amor, em torná-lo mais sólido, e o amor preservar-nos-á até ao dia em que todas as lágrimas serão enxugadas, quando «já não haverá morte, nem luto, nem grito, nem dor» (Ap 21, 4).”

Fé e amor são os nossos mais sinceros votos à família de Cristiano Ronaldo e a todas que passam por esta terrível dor de perder um filho.

Tags:
BebêsCelebridadesGravidezMorte
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia