Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Agosto |
Santa Joana Francisca de Chantal
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Milagre do sangue de São Januário se repete pela primeira vez em 2022

Milagre do sangue de São Januário

ALBERTO PIZZOLI / AFP

Francisco Vêneto - publicado em 02/05/22

É também a primeira ocorrência do fenômeno em plena guerra na Ucrânia: "um grito de paz"

O milagre da liquefação do sangue de São Januário se repetiu pela primeira vez em 2022 neste domingo, 1º de maio, em Nápoles. De fato, o fenômeno costuma ocorrer a cada ano em três ocasiões: no primeiro domingo de maio, na festa de São Januário em 19 de setembro e no 16 de dezembro. Essa última data recorda o milagre de 1631, quando, pela intercessão de São Januário, evitou-se uma tragédia após a erupção do vulcão Vesúvio.

A liquefação neste fim de semana aconteceu já na véspera, 30 de abril, e dom Domenico Battaglia, arcebispo napolitano, confirmou a nova ocorrência do fenômeno logo antes da tradicional procissão da relíquia pela cidade italiana:

“O sangue ainda corre! Ele flui pela nossa Europa (…) Não somos indiferentes ao fato de que a guerra na Ucrânia partiu o coração de dois povos cristãos e que, muitas vezes, as palavras de fé são distorcidas e usadas para motivar ou encobrir as razões de um em detrimento do outro, quando, na verdade, o Evangelho tem uma única palavra nova e essencial, que sempre gritou ao coração dos homens: paz, paz, paz!”.

Dom Domenico também fez menção à dolorosa pandemia de covid-19, que ainda não está superada:

“A pandemia deveria ter ensinado a todos nós que ninguém se salva sozinho, que só juntos podemos construir uma sociedade renovada no amor. No entanto, Em vez disso, uma hemorragia individualista parece tomar conta da nossa sociedade”.

Milagre do sangue de São Januário

Um relicário que permanece custodiado na catedral de Nápoles guarda o sangue de São Januário em estado sólido.

O fenômeno da liquefação do sangue tem sido registrado desde nada menos que o ano de 1389, quando foi testemunhado pela primeira vez. Desde então, nunca se chegou a nenhuma explicação científica sobre o caso.

O milagre não é reconhecido oficialmente pela Igreja, mas é extremamente popular e aguardado localmente. Quando acontece, os fiéis o consideram bom sinal para Nápoles e para a região da Campânia.

Já quando não ocorre, é interpretado popularmente como sinal de que algo ruim está para acontecer. De fato, para mencionar alguns exemplos, o sangue do santo não se liquefez em alguma das três datas destes anos:

  • 1939: a Alemanha deu início à Segunda Guerra Mundial, invadindo a Polônia.
  • 1973: Nápoles foi atingida por uma epidemia de cólera.
  • 1980: ocorreu o grande terremoto em Irpinia.
Tags:
MilagreSantos
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia