Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

Nova premiê do Reino Unido nomeia ministra da saúde católica, pró-vida e pró-família

Theresa Coffey, ministra da saúde católica no Reino Unido

Chris McAndrew, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

Francisco Vêneto - publicado em 09/09/22

"Os verdadeiros cuidados de saúde não matam seres humanos, e a nossa nova ministra da saúde reconhece isso"

A nova primeira-ministra do Reino Unido, Liz Truss, nomeou como vice-primeira-ministra e secretária de Estado para a Saúde e Assistência Social a doutora em química Therese Coffey, que é católica praticante e pró-vida.

Therese Coffey é também a primeira mulher nomeada vice-primeira-ministra de Estado do Reino Unido.

A nomeação foi celebrada pelos grupos pró-vida do país. A Sociedade para a Proteção dos Nascituros, por exemplo, declarou:

“A nomeação de Coffey é uma grande vitória para os defensores da vida no Reino Unido. O histórico de votos pró-vida e as convicções da nova ministra da Saúde nos garantem que ela será uma grande aliada do movimento pró-vida no desafio que temos pela frente. Os verdadeiros cuidados de saúde não matam seres humanos, e a nossa nova ministra da Saúde reconhece isso”.

De fato, o histórico de votos de Therese Coffey é autoexplicativo. Veja alguns exemplos:

  • Ela votou contra a disponibilização permanente de pílulas abortivas em domicílio para mulheres na Inglaterra e no País de Gales;
  • Foi contrária à radical legislação pró-aborto da Irlanda do Norte;
  • Propôs acompanhamento psicológico e de saúde mental para mulheres que solicitassem aborto, visando ajudá-las a considerar sem pressões e com mais objetividade a possibilidade de manterem a gestação;
  • Votou contra a legalização do suicídio assistido, em 2015, e declarou que este voto foi um dos seus maiores orgulhos;
  • Foi contrária à equiparação das uniões civis homossexuais ao casamento, em 2013, por defender que o conceito de casamento necessariamente envolve a abertura natural à procriação e a constituição de uma família natural, descrita por ela como a base da sociedade;
  • Pela mesma razão, votou contra a equiparação das uniões civis homossexuais ao casamento também na Irlanda do Norte, em 2019.

Os desafios da nova ministra da Saúde como profissional e como católica serão imensos, dada a ideologia pró-aborto e pró-eutanásia que prepondera no sistema sanitário – e judiciário – do Reino Unido.

Tags:
FamíliaPolíticaSaúdeValoresVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia