Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Setembro |
São Cosme e São Damião
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Por que a ditadura de Cuba expulsou o superior dos jesuítas?

Cuba expulsa pe. David Pantaleón, superior dos jesuítas

@jesuitas.lat

Francisco Vêneto - publicado em 19/09/22 - atualizado em 19/09/22

Freira denuncia: regime comunista cubano, "sem princípios e sem valores, tem medo da verdade"

A ditadura de Cuba expulsou da ilha o superior dos jesuítas, pe. David Pantaleón, negando-lhe a renovação do visto de residência no país. Um comunicado dos jesuítas na América Latina confirmou a partida do sacerdote na última terça-feira, 13 de setembro.

No domingo anterior, 11, o arcebispo de Havana, cardeal Juan de la Caridad García Rodríguez, celebrou a Santa Missa de despedida do religioso expulso pela ditadura.

A agência de notícias espanhola EFE divulgou a razão pela qual o regime ditatorial não renovou o visto do padre jesuíta: ele se recusou a cumprir uma determinação de “controlar os comentários políticos e críticos” dos religiosos jesuítas na ilha. Ou seja, ele não cedeu às ameaças e à censura do regime comunista cubano.

O próprio pe. David Pantaleón, que também era presidente da Conferência Cubana de Religiosos e Religiosas (CONCUR), já tinha enfrentado pessoalmente o sistema ditatorial em várias ocasiões. Em novembro de 2020, por exemplo, ele apoiou publicamente os ativistas do Movimento San Isidro que estavam em greve de fome e foram impedidos de receber ajuda de uma religiosa.

Os jesuítas afirmam, no seu comunicado sobre a expulsão do sacerdote, que, durante os seus cinco anos de serviço na ilha, o pe. David “acompanhou muitos religiosos e religiosas e as várias iniciativas da Conferência, incluindo o acompanhamento dos presos e suas famílias. Sua partida nos enche de tristeza, mas, ao mesmo tempo, de gratidão por todo o bem recebido por meio dele”.

A nota termina com uma exortação:

“Rezemos pelos outros companheiros do corpo apostólico da Companhia de Jesus, homens e mulheres que, em Cuba, testemunham o amor incondicional de um Deus que quer reunir todos num único povo livre de todo mal, mentira e injustiça”.

Corajosamente, a irmã Ariagna Brito Rodríguez, das Irmãs da Caridade do Cardeal Sancha, denuncioou em sua rede social a arbitrariedade do regime comunista de Cuba ao expulsar o superior dos jesuítas:

“O governo cubano, usando das suas faculdades de poder ditatorial, sem princípios e sem valores, o obriga a abandonar o país: tem medo da verdade, tem medo do rosto do bem, e a sua única maneira de proceder é livrar-se do que os incomoda. Isso não deve acontecer. Quem deve sair do país são aqueles que usam o poder para viver como reis, às custas de um povo escravo, castigado, açoitado e obrigado a fugir”.

Tags:
IdeologiaPolíticaReligião
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia