Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 12 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Mais um padre foi friamente assassinado no México

Père Juan,Mexique

Facebook / Parroquia de Nuestra Señora de Guadalupe. Valle de Guadalupe

Padre Juan foi assassinado em 10 de fevereiro de 2023

Reportagem local - publicado em 15/02/23

Irmão da vítima é suspeito de ter praticado o crime

Sacerdote da paróquia Nossa Senhora de Guadalupe, em Jalisco (oeste do México), o padre Juan Angulo Fonseca foi morto a tiros na sexta-feira, 10 de fevereiro de 2023.

Segundo os primeiros resultados da investigação, o padre recebeu dois tiros nas costas. Ainda não se sabe a motivação do assassinato, mas as autoridades trabalham com a hipótese de o crime ter relação com grupos que disputam terras na região. Segundo o Centro Católico Multimedial, o assassino pode ser irmão da vítima.

Padre Juan tinha 53 anos. Nascido em 24 de janeiro de 1970, foi ordenado sacerdote em 1998. “Que Deus recompense sua devoção a Cristo e à Igreja! Que a sua alma e a de todos os fiéis defuntos, pela misericórdia de Deus, descanse em paz”, lê-se no comunicado da Diocese de San Juan de los Lagos.

Um país perigoso para os sacerdotes

O México é um país assolado pela violência e tem taxa de homicídios muito alta. É considerado um dos países mais perigosos do mundo. E os sacerdotes são escapam da violência: regularmente são alvos de assassinato. 

Em junho de 2022, dois padres jesuítas foram mortos em sua igreja, enquanto tentavam resgatar um homem que buscava refúgio ali. Mais de trinta padres foram assassinados em uma década no país. Os cartéis de drogas que assolam o México e impõem sua lei são, geralmente, os responsáveis pelos crimes.

Tags:
MortePadresViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia