Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 24 Fevereiro |
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Luteranos alemães pedem que a Igreja Católica ordene mulheres como sacerdotes

Ordenação de mulheres

Peter Titmuss | Shutterstock

Francisco Vêneto - publicado em 14/04/23

Declarações vieram de Annette Kurchus, presidente do Conselho da Igreja Evangélica da Alemanha

O Conselho da Igreja Evangélica da Alemanha (EKD) é uma federação de vinte e uma igrejas e denominações protestantes regionais. Sua presidente é Annette Kurchus, que, em recentes declarações ao Neue Osnabrücker Zeitung, afirmou que os luteranos mantêm “conversações agradavelmente abertas” com os católicos alemães. No entanto, acrescentou:

“Eu não entendo, e me dói muito, que a Igreja Católica não ordene mulheres como sacerdotes. Não faz sentido para mim”.

Segundo a agência Gaudium Press, Kurchus ainda acusou a Igreja de não permitir às mulheres “uma participação real na liderança” e se queixou de que os protestantes ainda não foram “convidados à comunhão”.

A propósito das inúmeras intromissões autodeclaradas “democráticas” na doutrina da Igreja, não têm faltado as vozes que alertam contra o risco de “protestantização”, termo que foi usado, por exemplo, pelo cardeal Gerhard Müller, ex-prefeito da Doutrina da Fé. Em sua obra “In buona fede”, ele afirma estar em curso, sob as narrativas de “democratização” na Igreja, “uma protestantização de fato”:

“Como alemão, o meu pensamento logo se volta ao que está acontecendo na Alemanha, onde começou, em 2019, com a aprovação de Roma, um caminho sinodal do qual emergem impulsos muito críticos e pedidos teologicamente insustentáveis. Nesse quadro, há até quem gostaria de exercer o controle da base através da eleição do bispo”.

O cardeal registra que uma “eleição do bispo” atrelada a votos populares, “como se fosse um deputado”, não tem relação com a Igreja, porque “um bispo é ordenado pelo Espírito Santo e recebe um mandato”.

Esse tipo de deturpação do que é a Igreja se alastra ainda à sua doutrina, como se vê na insistente campanha pela ordenação de mulheres como se esta possibilidade dependesse da vontade da maioria e não do que foi estabelecido pelo próprio Jesus Cristo.

Tags:
DoutrinaIgrejaMulherPadresSacramentos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia