Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 26 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Filme sobre Santa Teresinha é um presente para os católicos neste Natal

Estátua de Santa Teresinha cercada de velas

Lumine

Cena do documentário "Um retrato de Teresa"

Reportagem local - publicado em 21/12/23

"Um retrato de Teresa" foi filmado em três países e mostra em detalhes a vida de uma das santas mais populares do Brasil

O documentário “Um retrato de Teresa” estreia nesta sexta-feira, 22 de dezembro, no canal do Youtube da Lumine.

O longa-metragem de 1h30 de duração é uma uma imersão na vida cotidiana de Santa Teresinha, uma das santas mais populares do Brasil. A produção investiga as causas que fizeram da religiosa francesa uma das maiores santas dos tempos modernos. Para isso, a produção realizou gravações em três países: França, Estados Unidos e Brasil.

“Hoje, as pessoas são incentivadas a buscar a felicidade em coisas externas, como o dinheiro, status e sucesso. É fácil nos sentirmos perdidos e desmotivados, com a impressão de que não estamos fazendo diferença no mundo”, reflete o fundador da Lumine, Matheus Bazzo. “Por isso, os exemplos de vidas extraordinárias e heróicas são tão importantes, mostrando que é possível viver uma vida com significado. É para revelar essa perspectiva que apresentamos a história de quem provou ser possível um caminho heróico e grandioso mesmo nas pequenas coisas”, explica.

Depoimentos de especialistas

“Um retrato de Teresa” reúne diversos especialistas, tanto leigos como religiosos. Também traz cenas de lugares que marcaram a vida da freira carmelita.

A equipe da Lumine esteve em Alençon e Lisieux, no interior da França. Foram visitados os cômodos da casa da família Martin — que hoje se transformou em um santuário e está aos cuidados de irmãs brasileiras.

Além disso, o documentário exibe imagens do carmelo onde Teresinha morou e da basílica que leva seu nome. A jornada pela França é acompanhada pelas freiras Thaynara Gabrielle e Janine Muniz Brito; pelo padre Olivier Ruffray, vigário-geral da diocese de Bayeux e Lisieux; e pelo padre Thierry Hénault, sobrinho-bisneto de São Louis Martin e reitor do Santuário de Alençon à época das gravações.

Já nos Estados Unidos, foram registradas em detalhes as relíquias da proclamada Doutora da Igreja. Em Illinois, o entrevistado é o padre Robert Colaresi, diretor do Centro Carmelita Espiritual de Darien. E, no Brasil, foi entrevistado o padre Paulo Ricardo — um dos grandes responsáveis pela popularização da devoção à santa da pequena via no país. “Para entender realmente quem é Santa Teresinha, tem de entender que Deus manda o santo certo na hora certa. Deus nos mandou uma santa, um gênio espiritual”, explica o sacerdote.

Um filme para o Natal

Mas qual a relação de Santa Teresinha com a festividade natalina? “Esse filme não é de Natal, mas para o Natal. É um convite para refletir sobre a fé, a partir da trajetória de uma vida absolutamente inspiradora”, esclarece Gustavo Leite, que dirige o longa-metragem ao lado de Julia Sondermann. “Buscamos imprimir uma visão artística, poética e contemplativa sobre a biografia dela, que já é bem conhecida. Focamos nos sentimentos que ela teve ao longo de seus 24 anos, que são o que tornam sua vida real e palpável para todos nós”, complementa o diretor.

Quando criança, Marie-Françoise-Thérèse Martin era sentimental e centrada em si mesma. A mudança veio em um episódio que ficou conhecido como “Milagre de Natal”. Naquela noite, devido a um comentário do pai que a deixou triste, ela teve vontade de chorar. Mas ela decidiu conter as lágrimas e não fazer birra. Foi o momento que marcou sua conversão, a partir do qual dedicou-se inteiramente a Deus.

“Esse milagre é o cerne do nosso novo original. Um lançamento que é, sim, um especial de Natal, mas que pode e deve ser apreciado em qualquer época do ano. Nosso convite não é para que você conheça aquela Santa Teresinha pequena e fraca. Mas que conheça essa Santa Teresinha imponente, sábia e extraordinária que, dia após dia, ofereceu sua vida para Deus”, conclui Matheus Bazzo.

O documentário pode ser visto gratuitamente a partir das 20h desta sexta-feira, dia 22 de dezembro. Clique aqui para assistir.

Tags:
BrasilCinemasanta teresinhasantas
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia