Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri

E se o segredo dos relacionamentos duráveis for o humor?

SZCZĘŚLIWA PARA

Shutterstock

Edifa - publicado em 30/03/20

As limitações do dia a dia, as discussões, os momentos tristes, a rotina... Tudo isso pode influenciar negativamente a serenidade do casal. E se o senso de humor fosse um remédio incomparável para os problemas da vida conjugal, e mesmo do confinamento?

O tédio é um inimigo mortal para os casais, especialmente para aqueles que enfrentam uma situação de confinamento. Sem uma boa comunicação para se ajustar as mudanças inevitáveis que o tempo traz a um ou a outro, não vemos como um relacionamento a dois pode durar a longo prazo.

As reclamações diárias que brotam da rotina maçante não nos animam. Certamente, existem exceções, como é o caso dos casais que amam tanto a tranquilidade que se adaptam facilmente a uma vida calma, sem turbulências.

São o que podemos chamar de “casais sonolentos”, que amam paz e tranquilidade, a ausência de problemas e o conforto. Mas, em geral, os cônjuges preferem colocar um pouco de pimenta na vida que, caso contrário, terá uma tendência de entrar em hibernação.

Algumas dicas para o humor no relacionamento

O humor é um comportamento necessário na vida de casado. É uma forma de descontração apreciada tanto na vida social como na vida familiar. Ele permite amenizar situações de conflito, gerar sorrisos de compreensão e reduzir tensões.

Mas nem todo mundo tem um grande senso de humor. Algumas pessoas são tão sérias que esquecem que em cada um de nós há uma criança que também precisa brincar e relaxar.

Contudo, existem formas diferentes de usar o seu humor. Existe o humor negro que vem das zombarias e que nem sempre são fáceis de entender, o qual frequentemente encontramos em certos comediantes.

Existe também um humor utilizado para se esquivar, como uma jogada elegante para não falar a verdade sobre si mesmo ou não responder a questões sérias que nos são adereçadas. Há também o humor narcisista, de quem procura agradar ou impressionar os outros, procurando passar uma imagem de ser uma pessoa espirituosa.

Mas o tipo de humor mais apreciado é aquele no qual se relativiza o peso dos problemas da vida. É como se ele tivesse uma força de não deixar que as situações do cotidiano virem dramas.

Esse tipo de humor traz alegria e uma sensação de relaxamento e segurança para o relacionamento, e é recebido como um reconforto para o cônjuge que precisa se sentir mais seguro em certas situações.

Ser engraçado, divertido ou ter um bom senso de humor são qualidades importantes, desde que as brincadeiras estejam dentro dos limites e mostrem respeito para com o outro.

Denis Sonet

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CasamentoFamíliahumor
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais